Publicidade
Tangerina - fruta da estação. "Conheça os benefícios da tangerina".

17.4.14

Pilula do dia seguinte, efeitos colaterais

Ads
A pílula do dia seguinte (como a pílula Diad) não é um método preventivo regular contra a gravidez, como as pílulas anticoncepcionais, mas um método de emergência, que só deve ser usado em situações extremas, como rompimento do preservativo, falha de outros métodos anticoncepcionais ou em caso de estupro, já que a pílula do dia seguinte tem alta dose de hormônio sendo prejudicial seu uso frequente.

Como muitos casais não usam preservativos nem pílulas anticoncepcionais, tomar a pílula do dia seguinte após relações íntimas acaba sendo a solução para evitar a gravidez.

Por que isso ocorre, e quais as consequências do uso indiscriminado da pílula do dia seguinte?

Pilula dia seguinte

O uso de pílulas anticoncepcionais requer orientação médica. A falta de dinheiro para consultas, a vergonha em procurar um ginecologista e assumir uma vida 'adulta' ativa, e mesmo o medo de que as pílulas, que precisam ser ingeridas diariamente, sejam descobertas pelos pais, faz com que as garotas optem pela pílula do dia seguinte.

Desinformadas sobre as conseqüências do uso indevido, as mulheres tomam essa pílula mais de uma vez por mês, sujeitando-se a graves alterações hormonais, vômitos, dores de cabeça, inchaços, mal-estar... Além disso, a pílula do dia seguinte concentra em uma única dose (duas pílulas ingeridas com intervalo de doze horas) todo o hormônio contido numa cartela de 21 pílulas anticoncepcionais. As sucessivas cargas extras de hormônio desregulam o controle da menstruação, e seus efeitos colaterais ainda não são completamente conhecidos, por se tratar de um método recente.

Pílula do dia seguinte: Efeitos colaterais (e perigos do uso excessivo)

  • alterações hormonais,
  • vômitos,
  • dores de cabeça,
  • inchaços,
  • mal-estar
  • câncer de mama (se usar excessivamente)
  • descontrole da menstruação (se usar excessivamente como método anticoncepcional exclusivo).
  • Ao tomar repetidas vezes, não perde o efeito, mas o risco de gravidez aumenta. Esse risco, que é de 15% após 24 horas de transar, contra cerca de 0,1% da pílula anticoncepcional tradicional.

Pesquisas apontam que o excesso de hormônios aumenta as chances de câncer de mama e, além disso, a pílula do dia seguinte não oferece nenhum tipo de proteção contra as DSTs. Como aparentemente a pílula do dia seguinte é mais eficaz e prática de usar, a procura por esse medicamento cresce principalmente após os finais de semana.

Para evitar o uso indevido da pílula do dia seguinte, é preciso que informação e conscientização sejam feitas simultaneamente, e que a possibilidade de se prevenir esteja ao alcance de todos.
Fonte: Unesp

Pílula do dia seguinte, MARCAS

  • Postinor 2
  • Diad
  • Pilem
  • Pozato
  • Norlevo
  • Minipil2-Post
  • Poslov

Pílula do dia seguinte: onde comprar

As pílulas do dia seguinte estão à venda nas drogarias, mas é aconselhável que comprar a pílula do dia seguinte com receita médica do ginecologista.

É bom finalizar o artigo sobre a pílula do dia seguinte com este ALERTA:

**A pílula do dia seguinte concentra em uma única dose (duas pílulas ingeridas com intervalo de doze horas) todo o hormônio contido numa cartela de 21 pílulas anticoncepcionais.**
Ads
Publicidade
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica

Nenhum comentário:

novos artigos: