23.12.08

Médico australiano diz ter criado vinho mais saudável do mundo

Nos últimos três anos, Philip Norrie, médico especialista nas propriedades terapêuticas do vinho, observou vários pacientes que morreram de doenças que, segundo ele, poderiam ser prevenidas. Depois disso, estudou e patenteou um tipo de vinho medicinal.

A fórmula consiste em adicionar doses extras de um polifenol antioxidante conhecido como resveratrol, extraído da casca da uva.




Norris adiciona, a cada litro de vinho, até 100 vezes mais resveratrol do que o normal. Segundo ele, com essa dose adicional, a ingestão do vinho "limpa" as artérias sangüineas, além de ajudar a prevenir ataques cardíacos, derrames e diabetes em 50%.

“A concentração do antioxidante é colocada dentro da garrafa de vinho antes do lacre”, explicou ele à BBC Brasil.

O resveratrol já é conhecido por combater problemas cardíacos, como limpar depósitos de gordura nas artérias, mas geralmente é encontrado em apenas pequenas quantidades no vinho - de três a seis miligramas por litro nos vinhos tintos e apenas um miligrama nos brancos.


Gosto do vinho

Segundo o médico, aqueles que gostam de um bom vinho não conseguem perceber a diferença no gosto nem no aroma da bebida.“Os consumidores têm apenas que continuar a sua rotina, bebendo geralmente de duas taças, para mulheres, e de três ou quatro, para os homens”.
Especialistas, entretanto, alertam que é preciso evitar beber quantidades excessivas de resvertarol.

“Ainda não foram realizados testes suficientes sobre isso, então é melhor não exagerar”, afirmou o professor Brian Morris, da Universidade de Sydney.

Norrie é um dos exemplos da tradição australiana de vinicultores-médicos, que existe há mais de 160 anos na Austrália.

Ele escreveu oito livros relacionando saúde e vinho, e atualmente escreve sobre a história do vinho na medicina nos últimos 5 mil anos.

Os vinhos medicinais de Norrie colocados no mercado são de uvas do tipo Shiraz e Chardonnay
fonte: BBCBrasil.


Comentario Saude com ciencia: 

Sempre achei que deveria ser acrescido ao vinho quantidades extras de resveratrol, mas agora que isso foi feito , penso que talvez seja conveniente estudos sobre os efeitos de uma "dosagem" maior desse polifenol no organismo. Renata Fraia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner