artigos recentes - passe o mouse e leia o título:
Publicidade

25.6.14

Pimenta - propriedades medicinais

Ads
Neste artigo você vai encontrar: propriedades da pimenta vermelha, pimenta vermelha emagrece, estudo com a pimenta vermelha dedo-de-moça.

Uma pesquisa recém-concluída na Faculdade de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) comprovou que a pimenta vermelha diminui mesmo o risco de doenças cardiovasculares, maior causa de mortes no Brasil. As propriedades são devidas à capsaicina presente nas pimentas vermelhas.

Pimenta vermelha - propriedades (benefícios)

  • Pimenta vermelha emagrece
  • Pimenta vermelha reduz o colesterol 
  • É analgésico
  • Anti-inflamatório
  • Xarope 
  • Estimula o metabolismo
  • Reduz a glicose do sangue (bom para diabéticos)
  • Trata alergias respiratórias
  • Rica em vitaminas

Capsaicina

A capsaicina (leia sobre ela) atua em várias áreas do corpo: alivia dores de cabeça, controla os níveis de glicose no sangue, aumenta a capacidade pulmonar e ajuda no tratamento da rinite alérgica. É, ainda até um aliado para quem quer entrar em forma: “É uma substância estimulante do metabolismo".

Artigos relacionados

Estudo com a pimenta vermelha que comprovou suas propriedades:


Por duas semanas, um grupo de ratinhos recebeu, todos os dias, uma pequena dose de extrato de pimenta dedo-de-moça, a mais consumida no país.

Pimenta propriedades medicinais
Pimenta vermelha contém capsaicina.Foto: Flickr

No fim do período, sangue foi coletado e comparado com o de ratinhos que não receberam a pimenta.

O resultado impressionou os pesquisadores. “Nós tivemos uma redução bastante significativa, em torno de 45%, do colesterol total desses animais. Uma redução do colesterol total, tanto em humanos quanto em cobaias, mostra que há um risco menor do desenvolvimento de doença arterial coronariana ou aterosclerose”, diz a nutricionista da PUC-RS Márcia Keller Alves.

Em outras palavras: menor risco de enfartes. O que reduziu quase pela metade a gordura do sangue nos ratinhos foi a capsaicina, o princípio ativo da pimenta, que dá a ela o gosto ardido. “É esse princípio ativo que faz com que a pimenta seja benéfica à saúde. Então, quanto mais picante mais capsaicina. E quanto mais capsiacina mais benefícios com o consumo da pimenta”, esclarece Márcia Keller Alves.

Conclusão: "Pimenta vermelha faz bem".

Atenção!!
A pimenta vermelha é uma irritante da mucosa gástrica, então, quem tem gastrite ou úlcera não deve comer pimentas de qualquer tipo. Além disso, tome cuidado ao manipular pimentas para não levar as mãos aos olhos, pois será extremamente irritante.
Ads
Publicidade
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica

Um comentário:

josé disse...

será que o extrato de pimenta, não seria eficaz no combate ao viros da gripe suina, pois parece coincidencia, quando eu estou com muita gripe, eu comom pimenta e a gripe passa, quem sabe,no caso dessa nova gripe resolveria.
josé gonçalves dias
itapecerica da serra sp
.