artigos recentes - passe o mouse e leia o título:
Publicidade
Tangerina - fruta da estação. "Conheça os benefícios da tangerina".

30.12.09

Ginkgo biloba: benefícios, efeitos colaterais e nomes comerciais

Ads
Extrato de Ginkgo Biloba é um fitoterápico utilizado, principalmente, como preventivo e para o tratamento de problemas circulatórios nas extremidades.

Conheça os benefícios, efeitos colaterais e nomes comerciais do Ginkgo biloba, abaixo:


E para a pergunta que sempre ouço em meu dia a dia como farmacêutica: Ginkgo biloba engorda? A resposta é não, ginkgo biloba não engorda, aliás, ele pode até auxiliar em casos de emagrecimento por seu poder levemente diurético.

Artigos relacionados:
Extrato de Ginkgo Biloba, padronizado pode conter 24% de flavonóides e 6% de terpenolactonas, é recomendado em uma dosagem diária de 80mg, divididas em duas ou três doses. Dosagens diárias de 240mg podem ser necessárias em alguns casos de insuficiência cerebrovascular, estágios iniciais de Alzheimer, depressão resistente e danos cerebrais menores, mas não utilize essa dosagem sem um acompanhamento médico.


Os estudos com relação ao ginkgo biloba ser eficaz para a memória ainda não são conclusivos, portanto não sendo comprovado que o ginkgo tenha propriedades no tratamento da memória (ou perda dela).


Ginkgo biloba benefícios
Ginkgo biloba


1- Ginkgo biloba, benefícios (indicações):

  • tonturas, 
  • labirintite
  • vertigens, 
  • zumbidos, 
  • deficit de memória
  • dificuldade de concentração, 
  • claudicação intermitente, 
  • parestesias, 
  • cãibras noturnas, 
  • frialdade das extremidades, 
  • edemas ortostáticos, 
  • tratamento auxiliar das úlceras varicosas e distúrbios tróficos. 
  • tratamento de microvarizes
  • úlceras varicosas, 
  • cansaço das pernas, 
  • artrite dos membros inferiores. 
  • alguns tipos de dor, 
  • palidez 
  • cianose das extremidades com sensação de frio
  • processos causados pelo abastecimento deficiente de oxigênio e substâncias nutritivas. 
  • tratamento de isquemia, seja cerebral ou periférica 
  • deficiências auditivas 
  • perda de memória
  • dificuldade de concentração
  • tratamento profilático do envelhecimento celular 
  • tratamento estético por sua ação protetora contra radicais livres e pela inibição da destruição do colágeno.
  • Nos processos vasculares degenerativos. 
  • Prevenção de edema cerebral.

Obs.: Nem todos as indicações acima foram comprovadas.

2- Ginkgo biloba - efeitos colaterais, Contraindicações, reações adversas


- Podem ocorrer distúrbios gastrintestinais e, especialmente em casos de predisposição alérgica, transtornos circulatórios, incluindo queda de pressão arterial, cefaleia (dores de cabeça) ou reações cutâneas.

- Pacientes com distúrbios de coagulação ou em terapia com anticoagulantes em doses elevadas.

3- Ginkgo biloba para gestantes (mulheres grávidas)

Por ausência de estudos clínicos em gestantes e lactantes, o uso de Extrato de Ginkgo Biloba nessas situações deve ser cuidadosamente analisado pelo médico.


4- Ginkgo biloba - Interações medicamentosas ou com alimentos:



Não há casos de interações com outros medicamentos, podendo haver administração concomitante de agentes antianginosos, uricosúricos, hipoglicemiantes orais e anticoagulantes e o gincobiloba. Pacientes com distúrbios de coagulação devem ser cuidadosamente acompanhados pelo médico.


5- Nomes comerciais do ginkgo biloba:



BIOFLAVIN (HERBARIUM) (Ginkgo biloba Herbarium)
KIADON (MERCK)
TANAKAN (KNOLL)
TEBONIN (BYK)
Com o nome de ginkgo biloba - extrato em farmácias de manipulação.

Fonte: Dr Geraldo José Ballone (site PsiqWeb)
Ads
Publicidade
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica

Nenhum comentário: