11.12.09

Os homens vivem menos, entenda porque

A afirmação do título acima pode estar próxima de ser entendida, ou melhor explicada. Os homens vivem menos que as mulheres, mas por quê?

A razão para essa diferença de longevidade pode ser atribuída a um gene, um gene presente em espermatozoides e que foi recém descoberto por cientistas japoneses.


O estudo foi realizado com ratos pela Universidade de Agricultura de Tóquio, publicado na revista especializada Human Reproduction, que chegou à conclusão de que o gene está presente tanto nos machos como nas fêmeas dos roedores, mas que só é ativo em machos.

Entenda a pesquisa:

Foram analizados ratos criados com material genético de duas fêmeas.

Os ratos nasceram apenas com material genético de fêmeas e viveram em média 30% a mais que ratos que tinham material genético masculino e feminino.

Os pesquisadores acreditam que as diferenças na longevidade podem ser aplicadas em todos os mamíferos, até no homem.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner