16.3.10

Banana contra Aids!

Um estudo surpreendente publicado nesta segunda-feira (15/03), revela que uma determinada proteína presente nas bananas pode prevenir a transmissão do vírus HIV, o vírus da Aids.

A pesquisa (publicada na revista Journal of Biological Chemistry) foi feita pela Escola de Medicina da Universidade de Michigan (EUA) e o nome da proteína é lectina BanLec, e age como um inibidor natural do HIV.
"A lectina BanLec é tão potente quanto duas das principais drogas utilizadas atualmente no tratamento da doença", segundo os pesquisadores.

De acordo com o estudo, a proteína da banana lectina BanLec bloqueia a ação do vírus HIV antes que ele possa se fixar às células sanguíneas. Dessa forma, quando um vírus entrar no organismo a lectina BanLec pode se ligar ao vírus invasor e impedí-lo de se proliferar.

Especificamente quanto ao HIV, a BanLec pode ligar-se à cobertura rica em carboidratos do vírus e bloquear sua propagação pelo organismo.

Vantagens sobre as drogas anti-HIV

- Mais resistente
A lectina BanLec duas vantagens em relação a outras drogas anti-HIV. Uma delas, é que o vírus da Aids costuma sofrer mutações o que o torna resistente. Já em presença de lectinas isso é muito mais difícil de ocorrer.

- Mais barato
A lectina BanLec é mais barata do que os atuais coquetéis anti-Aids.

Um gel ou creme microbicida contendo a proteína lectina BanLec, poderia ser aplicado nos órgãos genitais  masculino e feminino, e seria um grande aliado no combate à disseminação da Aids.

Contudo, os pesquisadores de Michigan deixam claro que ainda levará anos até que o uso clínico do BanLec seja possível.
Fonte: BBC-Brasil
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner