22.4.10

Comissão a médicos por farmácias de manipulação são descobertos

Fantástico denuncia esquema entre médicos e farmácias
Tardou, mas o dia de ver os esquemas de comissão entre médicos e farmácias de manipulação serem descobertos chegou. Eu, como farmacêutica sempre soube disso e digo: Essa não é uma prática isolada, é na verdade corriqueira, uma forma de a farmácia lucrar e o médico também. Há todo tipo de benefício ou comissão.

farmácias de manipulação que apenas dão descontos em medicamentos aos médicos e familiares que indicarem (enviarem) suas farmácias aos pacientes. Há os que realmente recebem comissões bem gordas.
Infelizmente, é a realidade de nosso país, quando o médico lhe entrega aquele folhetinho ou cartão da farmácia dizendo que nesta farmácia de manipulação eu confio, na maioria das vezes, ele só o faz devido o esquema entre eles e não por confiar na qualidade do laboratório da farmácia.

O trecho abaixo foi extraído do Fantástico:

"O percentual repassado ao médico varia entre 25% e 45% do total das receitas encaminhadas à farmácia, uma prática proibida pelos códigos.

Você iria a um médico sabendo que ele recebe da farmácia mais 30% do que prescreve ao paciente? O Fantástico faz agora uma denúncia grave. Vamos mostrar situações que já foram muito faladas, mas que até hoje não tinham sido mostradas: o pagamento de comissões a médicos para que eles indiquem farmácias.

Você deve conhecer esta situação: o paciente sai do consultório do médico com o endereço da farmácia colado na receita. Para investigar por que muitos médicos encaminham pacientes direto para uma determinada farmácia, durante dois meses, o repórter Eduardo Faustini se apresentou como doutor Carlos Renato, endocrinologista. Fez contatos com farmácias de manipulação no Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador. Descobriu que elas oferecem comissões aos médicos - uma prática proibida pelos códigos de ética."


Fonte: Fantástico - Globo

O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner