1.6.10

Idosos são mais felizes, diz estudo

Uma pesquisa do Instituto Gallup nos Estados Unidos descobriu que as pessoas ficam felizes à medida que envelhecem (ou seja, os idosos são mais felizes) - e os pesquisadores não sabem explicar o porquê.

"Pode ser por causa de mudanças ambientais", disse Arthur Stone, que liderou o estudo, "ou podem ser mudanças psicológicas sobre a maneira de ver o mundo, ou até mesmo biológicas - por exemplo, alterações endócrinas ou na química do cérebro".



A pesquisa telefônica, levada a cabo em 2008, ouviu 340.000 pessoas entre 18 e 85 anos em todo o país. Perguntou sobre idade e o cotidiano, finanças pessoais, saúde e outros assuntos. A pesquisa investigou ainda o "bem-estar global" de cada um dos entrevistados, estipulando por meio de um ranking de satisfação com a vida numa escala de 1 a 10 - um tipo de avaliação que qualquer um pode fazer de vez em quando, ainda que não de maneira formal.

Finalmente, fizeram seis perguntas do tipo sim ou não. Quais foram seus sentimentos na maior parte do dia de ontem: satisfação, felicidade, estresse, preocupação, raiva, tristeza. As respostas, segundo os pesquisadores, buscavam o "bem-estar hedonista" - a experiência pessoal imediata de tais estados psicológicos, livre de memórias revisadas ou subjetivas, que perguntas sobre a satisfação com a vida em geral poderiam evocar.

Os resultados, publicados em 17 de maio no site da National Academy of Sciences, trazem boas notícias para as pessoas mais velhas, e para aqueles que estão envelhecendo. Como medida global, as pessoas chegam aos 18 anos se sentindo muito bem sobre si mesmas e então, aparentemente, a vida começa a desandar. Eles se sentem piores e piores até chegarem aos 50. Nesse ponto, há uma guinada brusca, e as pessoas começam a se sentir cada vez mais felizes à medida que envelhecem. Aos 85 anos, estão mais satisfeitos consigo mesmos do que aos 18.
Continue lendo em Veja.com
Fonte: Veja.com
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner