16.10.16

Como sobreviver sem água e alimentos por vários dias

Antigamente, acreditava-se em uma regra: o corpo humano sobrevive por vários dias sem alimentos e por alguns dias sem água. A proporção era de aproximadamente 13 dias sem alimentos e 7 dias sem água. Porém, alguns acontecimentos  como as tragédias do Haiti, Chile e o soterramento dos mineiros também chilenos, nos faz rever qual período de tempo que o ser humano sobre a soterramentos ou se estiver preso em local desprovido de recursos.

Na maioria dos salvamentos que ocorreram nas catástrofes acima relatadas, a pessoa estava em um local com pelo menos água para beber. Isso já aumenta, e muito, as chances de sobrevivência, pois a água é fundamental para que as reações biológicas (bioquímicas) ocorram no organismo.

A imagem que devemos fazer do ser humano é sempre de sua menor unidade para a maior. Então, sem água a célula não ocorrem reações químicas e de trocas de nutrientes entre as células e o meio aquoso (circulação sanguínea, circulação linfática e capilares). Assim, a célula estando desidratada, ocorre a desidratação dos tecidos, e consequentemente dos órgãos que entram em falência um após outro e por fim o indivíduo morre.

Então:

Célula sem água (desequilíbrio hidroeletrolítico) --> tecido sem água (desequilíbrio) --> órgãos sem água --> falência --> morte.

E qual o prazo para que isso ocorra? Para o corpo se desidratar completamente? Depende. Acho absolutamente incorreto afirmar 5, 6 ou 7 dias. Depende do quão estava hidratada esta pessoa. Por exemplo, ontem fui ao banco e no tempo que fiquei na fila (40 minutos) a funcionária bebeu goles de 2 garrafas minerais. É de se imaginar que a moça estaria em vantagem de pelo menos 1 dia entre todos nós que estávamos no banco.

Além disso, a própria constituição da pessoa ou condição de saúde no momento do acontecimento. Uma pessoa com doença grave tem muito menos chance.

Permanecer imóvel é um fator que evita a desidratação. Então, se um dia você estiver em uma situação dessas procure não se movimentar muito e falar apenas o suficiente, evitando a perda de água através do suor.

Beba sua própria urina. Se achar que vai ter náuseas com a urina quente, espere ficar em temperatura ambiente, tampe o nariz e beba. Fique vivo!

Resumo de como sobreviver sem água e alimentos por vários dias





Para permanecer hidratado em situação calamitosa:
  • Movimente-se pouco
  • Fale pouco ou nada
  • Beba sua própria urina (esta prática não é recomendada por muitos, use sua intuição - se você não tiver uma doença grave e não estiver passando por um processo infeccioso, sua própria urina não lhe fará mal)
Com relação aos alimentos a variação de resistência é ainda maior de pessoa para pessoa e se o indivíduo estiver bem alimentado no dia da tragédia estará em vantagem com relação ao que não estiver. Os mesmos conselhos dados acima também se aplicam neste caso, para evitar o gasto calórico excessivo.

Última dica: Ande sempre com uma garrafinha de água e um cereal no bolso... Nunca se sabe...

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner