22.9.10

Linhaça dourada e marrom qual a diferença

Ultimamente, o uso de farinhas na alimentação tem se popularizado bastante. A farinha de linhaça é uma das mais utilizadas.

Existem duas variedades de linhaça, a linha escura e a linhaça dourada. Existe uma crença na qual se preceitua que a linhaça dourada seja mais saudável que a linhaça escura. Ou seja, diz-se que a linhaça dourada tem mais nutrientes e, consequentemente, mais benefícios e propriedades que a linhaça marrom.



Tal crença, aliada à sua origem faz com que a linhaça dourada seja mais cara que a variedade escura.

Será verdade que a linhaça dourada é mais nutritiva que a marrom?

Mito. Ambas as variedades da semente de linhaça possuem praticamente a mesma composição. A linhaça marrom é cultivada no Brasil, pois adaptou-se melhor ao clima. Já a linhaça dourada tem origem no hemisfério norte pela mesma razão, sendo por isso que a linhaça dourada é mais cara. Ultimamente, a linhaça dourada também é cultivada em solos brasileiros.

Dessa forma, deve-se optar por uma ou pela outra pelo seu sabor e pelo preço. A linhaça dourada tem sabor mais suave.

Linhaça Benefícios 

(composição) nutricionais em 15 g (1 colher sopa aprox.) de semente de linhaça:

Carboidratos: 1 g
Gorduras totais 3 g
Gorduras Saturadas 0 g
Gorduras Trans 0 g
Proteínas: 2 g
Fibra alimentar 3 g
Ômega-3* 58%
Ômega-6 16 %
Sódio 7,8 mg
Valor calórico 43 Kcal

* O valor de Ômega-3 é ligeiramente superior na linhaça marrom.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner