20.10.10

Ministro da saúde liga uso indiscriminado de antibióticos a infecções por superbactérias

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse nesta terça-feira (19/10) que o consumo irresponsável de antibióticos leva a problemas como a da superbactéria KPC, resistente a quase todos os antibióticos disponíveis, que causou ao menos 15 mortes no Brasil. Para ele, problemas internos nos hospitais também contribuem para a disseminação do micróbio, que já infectou hospitais do Distrito Federal e de São Paulo.

– O autoconsumo, o consumo irresponsável, a má prescrição [de antibióticos] é que levam a situações como essa.

(...)

Os antibióticos têm influência no processo de seleção natural das bactérias, favorecendo as que são mais resistentes.


A preocupação com o uso indiscriminado de antibióticos é tão grande que a Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) realizou em junho deste ano uma consulta pública para mudar as regras de venda desses medicamentos, controlando sua comercialização. O resultado desse processo, que deve dificultar o comércio de antibióticos.

Esses remédios devem passar para a lista de medicamentos que têm controle especial, fazendo com que os pacientes precisem ter receita médica em duas vias para fazer a compra: uma fica retida na farmácia e a outra é devolvida para o cliente, mas com carimbo, para evitar que o documento seja usado novamente.

Hoje, o paciente precisa de uma receita simples para comprar os antibióticos, mas grande parte das farmácias ignora essa exigência e vende o produto sem prescrição médica.

Via: R7

O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner