25.6.17

Frutas com baixo índice glicêmico

É do conhecimento da maioria das pessoas que as frutas contêm um açúcar chamado frutose. Dessa forma, embora liberadas para diabéticos, por serem fontes de vitaminas, minerais, antioxidantes e ricas em fibras, as frutas devem ser consumidas com moderação por quem sofre da doença, principalmente dependendo da taxa de glicemia média de cada indivíduo diabético em particular.






Mas algumas dessas frutas são ideais para diabéticos (e pré-diabéticos) por possuírem baixo índice glicêmico.

Frutas com baixo índice glicêmico:


Frutas com baixo índice glicêmico

1- Abacate:


Índice glicêmico é 20, mas não se engane, o abacate tem muita gordura (embora gordura boa), portanto, deve ser consumido com moderação, mas não o exclua da sua dieta,

2- Maçã:


Uma maçã pequena tem Indice Glicêmico de 38, contém 20 gramas de carboidratos e 4 gramas de fibras,

3- Pera:


Uma pera média tem IG de 38, contém 21 gramas de carboidratos e 4 gramas de fibra



4- Cerejas:


meia xícara de cerejas tem IG de 41, contém cerca de 13 gramas de carboidrato e 2 gramas de fibra

5- Ameixa:


uma de tamanho médio tem um Indice Glicêmico de 39, contém 30 gramas de carboidratos e 4 gramas de fibra

6- Morangos:


meia xícara de morangos tem um IG de 41, contém cerca de 9 gramas de hidratos de carbono e 2 gramas de fibra.

Frutas com baixo índice glicêmico - benefícios


Só para efeito de comparação, uma banana tem índice glicêmico de 83 e um kiwi tem IG de 75, muito mais que as frutas elencadas acima, não?

Sendo assim, é fundamental para quem tem diabetes saber qual índice glicêmico das frutas para saber o quanto ingerir, e qual a melhor fruta para eles.



Índice glicêmico - o que é


O índice glicêmico é a velocidade com que o carboidrato leva para se transformar em açúcar no organismo.

Em geral, alimentos com baixo índice glicêmico têm mais fibra. E a fibra ajuda a sentir o estômago mais repleto. Mas além disso, e de fundamental importância para diabéticos, a fibra alimentar também é indicada para evitar flutuações rápidas no nível de glicose no sangue.

Os alimentos que tenham altos níveis de IG (índice glicêmico) podem deixar uma sensação de fome e uma certa insatisfação, pois a glicose (açúcar) é metabolizado muito rápido, o que pode nos fazer comer mais.

Fonte: HealthCastle
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner