Destaques!

    saudecomciencia photo saudecomciencia.png      photo dieta-1.png      photo dc873259-2d41-4b16-9430-80be161b9828.jpg      photo nutricaoo-1.png     banana verde 140x125 photo pasta-de-banana-verde-emagrece-receita1_zpsc02e5024.jpg
Publicidade

19.11.14

Frutas com baixo índice glicêmico

As frutas, é sabido, contêm o açúcar frutose, então, embora liberadas para diabéticos, por serem fontes de vitaminas, minerais, antioxidantes e ricas em fibras, as frutas devem ser consumidas com moderação por quem sofre da doença, a depender da taxa de glicemia média do indivíduo em particular. Mas algumas delas são ideais para diabéticos (e pré-diabéticos) por possuírem baixo índice glicêmico.

Frutas com baixo índice glicêmico:


- Abacate: Índice glicêmico é 20, mas não se engane, o abacate tem muita gordura (embora gordura boa), portanto, deve ser consumido com moderação, mas não o exclua da sua dieta,

- Maçã: uma maçã pequena tem Indice Glicêmico de 38, contém 20 gramas de carboidratos e 4 gramas de fibras,

- Pera: Uma pera média tem IG de 38, contém 21 gramas de carboidratos e 4 gramas de fibra

- Cerejas: meia xícara de cerejas tem IG de 41, contém cerca de 13 gramas de carboidrato e 2 gramas de fibra

- Ameixa: uma de tamanho médio tem um Indice Glicêmico de 39, contém 30 gramas de carboidratos e 4 gramas de fibra

- Morangos: meia xícara de morangos tem um IG de 41, contém cerca de 9 gramas de hidratos de carbono e 2 gramas de fibra.


Frutas com baixo índice glicêmico - benefícios


Só para efeito de comparação, uma banana tem índice glicêmico de 83 e um kiwi tem IG de 75, muito mais que as frutas elencadas acima, não?

Sendo assim, é fundamental para quem tem diabetes saber qual índice glicêmico das frutas para saber o quanto ingerir, e qual a melhor fruta para eles.

Frutas com baixo índice glicêmico

Índice glicêmico - o que é

O índice glicêmico é a velocidade com que o carboidrato leva para se transformar em açúcar no organismo.

Em geral, alimentos com baixo índice glicêmico têm mais fibra. E a fibra ajuda a sentir o estômago mais repleto. Mas além disso, e de fundamental importância para diabéticos, a fibra alimentar também é indicada para evitar flutuações rápidas no nível de glicose no sangue.

Os alimentos que tenham altos níveis de IG (índice glicêmico) podem deixar uma sensação de fome e uma certa insatisfação, pois a glicose (açúcar) é metabolizado muito rápido, o que pode nos fazer comer mais.

Fonte: HealthCastle

Ads
Publicidade
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica

Nenhum comentário: