10.1.11

Musicoterapia: Música estimula o bom-humor, diz estudo

Eu já comentei aqui que a música de Mozart pode provocar efeitos benéficos no cérebro de quem a ouve. Mas agora, uma pesquisa aponta que ouvir músicas em geral estimula o bom-humor.

Uma pesquisa, publicada na revista Nature Neuroscience, mostrou que os níveis de dopamina eram maiores quando os ouvintes tinham uma forte resposta emocional à música.

Valorie Salimoor, da Universidade McGill, de Montreal, e seus colegas testaram voluntários ouviram música por meio da Ressonância Magnética (MRI).

O estudo revelou que as regiões estimuladas durante o "pico de excitação emocional" do cérebro eram ligadas ao prazer e à recompensa de dopamina liberada. A dopamina é "fundamental para a criação e manutenção do comportamento", disseram os cientistas.


E acrescentaram: "Se a música induz estados emocionais podem levar à liberação de dopamina, como nossos resultados indicam, pode começar a explicar por que experiências musicais são tão valorizadas.

"Esses resultados ainda mostram porque a música pode ser efetivamente utilizada em rituais de marketing, ou um filme para manipular emoções.

"Nossos resultados fornecem evidências neuroquímicas que intensas respostas emocionais à música envolvem circuitos de recompensa antigos e servir como ponto de partida para investigações mais detalhadas dos substratos biológicos que sustentam formas abstratas de prazer."

Conclusão: A musicoterapia, realmente, pode fazer muito bem e atuar contra a ansiedade e depressão.

Fonte: Daily Mail

Lojas de instrumentos musicais
publicidade

O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner