10.5.16

Dieta antifermentativa elimina inchaço abdominal

A dieta antifermentativa é uma dieta adequada para aquelas pessoas que sofrem com o excesso de gases que causam problemas como inchaço abdominal, fadiga, mau humor, bolsas inchadas sob os olhos e até falta de ar devido a compressão dos gases contra o pulmão.

Dieta antifermentativa


A dieta antifermentativa significa a restrição alimentar de alimentos que contêm:

- fermentos naturais biológicos (como leveduras),
- fermentos químicos (como os usados em bolos) e os bicarbonatos em geral,
- fungos e leveduras presentes naturalmente em alguns alimentos como queijos e bebidas fermentadas. Esses alimentos literalmente "fermentam" em nosso organismo.

dieta antifermentativa
pão sírio é permitido na dieta antifermentativa

Consuma também, mas moderadamente, por serem ricos em fermentos lácteos - uma unidade diária é benéfica -, mais do que isso pode ser prejudicial e fermentar no estômago e/ou intestino:

- iogurtes,
- probióticos

A dieta antifermentativa deve ser seguida por apenas algumas semanas, é indicada principalmente após você ter exagerado no final de semana, épocas de festas e quando voltar de férias de um lugar onde comeu muita "besteira" e estiver se sentido estufado, ou seja com inchaço abdominal.

Os alimentos a evitar na dieta antifermentativa


Carboidratos
Pães, doces, pizzas, salgados em geral e açúcar branco (que é um alimento para as leveduras, ajudando na sua multiplicação) um bom substituto é o pão sírio que fermenta menos no estômago. O mel também deve ser consumido com moderação porque contém pequenas quantidades de levedura, que podem se multiplicar abundantemente em presença de açúcares.


Bebidas fermentadas alcoólicas ou não
Cervejas, principalmente as cervejas escuras, vinho, cevada, chá preto e chá vermelho. Também devem ser evitados todos os tipos de vinagres, como o vinagre balsâmico, o de vinho e o de arroz, com exceção do vinagre de maçã que contém a fibra pectina e ajuda, inclusive, a eliminar o inchaço.

Alimentos de origem animal
Queijos com fungos como o gorgonzola e o roquefort, leite integral, coalhada e iogurte em excesso.

Evite gemas de ovos (ricas em enxofre que causa gases e agrava o problema de inchaço), embutidos como a salsicha, mortadela e salames.

Na dieta antifermentativa também é bom que se evite grãos como feijões, soja e lentilha. Não que sejam fermentativos, mas agravam o problema pelo mesmo motivo dos ovos.

O que comer na dieta antifermentativa, sem receio

Fibras, verduras cozidas, legumes cozidos, algas marinhas, frutas, sobretudo as que facilitam o trânsito intestinal, como o mamão. Nozes e castanhas, como moderação. Azeites, pão preto e sírio, arroz e macarrão integral, além de açúcar orgânico e adoçantes naturais como os a base de esteviosídeo. Como eles não têm carboidratos 'brancos' não são bons alimentos para as leveduras.
Foto: Arquivo Saúde com Ciência
    Ads
    Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Deixe seu comentário ou sugestão de artigo. Insultos e comentários ofensivos serão descartados. Não indicamos medicamentos, nem tratamentos, apenas damos informações em saúde.

    Antes de comentar leia as Regras para Comentários.

    Artigos NOVOS:

    Assine nossa newsletter

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner