2.8.16

Automedicação e automedicação consciente: Entenda a diferença


Entenda as diferenças entre automedicação e automedicação consciente.

O que é automedicação?


A automedicação é a utilização de medicamentos por conta própria ou por indicação de pessoas não habilitadas (como parentes, vizinhos ou balconistas), para tratamento de doenças cujos sintomas são “percebidos” pelo usuário, sem a avaliação prévia de um profissional de saúde (médico, odontólogo, ou veterinário no caso dos animais).

Automedicação e automedicação consciente: Entenda a diferença
Automedicação e automedicação consciente: Entenda a diferença / foto: bigblockbobber


O que é automedicação consciente?


A venda consciente de medicamentos sem prescrição médica deverá - SEMPRE - ser realizada por ou na supervisão de um Farmacêutico (profissional com graduação em farmácia-bioquímica e com CRF).

Os medicamentos que não os de prescrição são denominados anódinos ou medicamentos de venda livre. Algumas vitaminas, alguns antieméticos e medicamentos digestivos pertencem a esta classe. O farmacêutico (não o balconista) está habilitado a realizar tais vendas, e, para tanto é recomendado que este anote os dados do paciente em local próprio, como nome, idade, endereço, doenças preexistentes e o nome e endereço de seu médico.

automedicação e automedicação consciente
Selo que garante a presença de um Farmacêutico no estabelecimento


Mas lembre-se esta automedicação consciente só pode ser realizada na presença de um farmacêutico e apenas e tão somente, podem ser dispensados medicamentos que NÃO contenham a tarja vermelha "venda sob prescrição médica", que comumente são aqueles vendidos nas gôndolas das farmácias e drogarias, ou seja os que não ficam atrás do balcão.

Notas
1: Sabemos que, infelizmente, a realidade ainda é outra. As pessoas que não têm acesso à saúde digna que lhes são de direito, ao invés de esperar meses a fio por um atendimento hospitalar acabam recorrendo às farmácias. Cabe ao balconista chamar o farmacêutico (responsável ou substituto) - que deve estar presente impreterivelmente em todo o horário de funcionamento da farmácia -, para que oriente o paciente a procurar serviço médico adequado.

2: Lembre-se que "fazer indicação de medicamentos" com tarja vermelha é crime de falsidade ideológica e de exercício ilegal da medicina. Não permita que os funcionários de sua farmácia o façam.

Automedicação e automedicação consciente
Saúde com Ciência

O que é o uso indiscriminado de medicamentos?


O uso indiscriminado de medicamentos não se restringe somente à automedicação. Está relacionado à “medicalização”, ou seja, uma forma de encontrar a cura para as doenças e promover o bem-estar usando exclusivamente o medicamento. Quais os riscos causados pela automedicação e pelo uso indiscriminado de medicamentos? Uma das preocupações frente à automedicação e ao
uso indiscriminado de medicamentos é o risco de intoxicação.





IMPORTANTE sobre a automedicação


Os analgésicos, os antitérmicos e os antiinflamatórios representam as classes de medicamentos que mais intoxicam. Por isso não se automedique. Estes medicamentos devem ser prescritos por um médico e eles próprios devem realizar uma anamnese completa antes de prescrevê-los. Em uma consulta de 5 minutos não é possível fazer a anamnese correta.

Leia também... mais artigos relacionados à automedicação:

  • Comércio internacional de medicamentos aqui;
  • Propagandas de medicamentos aqui;
  • Os perigos da automedicação aqui;
  • Projeto de lei estimula o uso de medicamentos somente com orientação médica aqui;
  • Automedicação aumenta no carnaval aqui;
  • Receita de antibióticos retida na farmácia aqui;
  • Uso indiscriminado de antibióticos aqui;
  • Abuso de antibióticos e superbactérias aqui;
  • O que é anamnese aqui.

Redação: Renata Fraia - Farmacêutica (CRF-23664) e Jornalista (MTB-55-510).
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner