30.9.11

Uso da maconha para a saúde terá debate na Seguridade Social

A Comissão de Seguridade Social e Família vai realizar audiência pública para discutir os benefícios e malefícios do uso da maconha para a saúde.

A iniciativa do debate, ainda sem data marcada, é do deputado Roberto de Lucena (PV-SP).



“Diante de toda polêmica gerada em torno da descriminalização do uso da maconha e diante de tantas dúvidas sobre os reais benefícios que a erva proporciona, entendemos que a Comissão de Seguridade Social e Família não deve ficar fora deste importante debate.

Assim, deve buscar as respostas que a sociedade anseia obter sobre o assunto”, afirma Lucena.

Convidados
Serão convidados para a reunião o psicólogo, deputado estadual de São Paulo, advogado e coronel da reserva da Polícia Militar, Edson Ferrarini; o neurobiólogo, mestre em biologia molecular, doutor em neurociências, professor adjunto do departamento de fisiologia da Universidade de Brasília e co-autor, com Sidarta Ribeiro, do livro "Maconha, Cérebro e Saúde”, Renato Malcher Lopes; o escritor e pesquisador Gideon dos Lakotas; e a psicóloga clínica com especialização em saúde mental Marisa Lobo.
Da Redação/ RCA Fonte: 'Agência Câmara de Notícias'


Um comentário:

  1. Também sou a favor da legalização! Acredito que a liberação da maconha abra espaço para outros usos dessa planta. Pouca gente sabe, mas a canabis sativa é uma planta muito versátil. Com ela pode ser extraido fibras para tecido, muito mais resistente que o jeans, pode-se fazer óleo combustível com as sementes, a semente também é mais nutriente do que a soja, na europa vendem barras de cereal feitas com sementes….e o principal… o uso dela como medicamento é indiscutível nos casos de glaucoma, doença degenerativa do cerebro e aids.

    ResponderExcluir

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner