26.10.11

Anticoncepcionais modernos elevam risco de tromboembolismo venoso

Estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Copenhague diz que algumas pílulas anticoncepcionais apresentam uma maior probabilidade de causar coágulos de sangue, o chamado tromboembolismo venoso ou TEV.

A investigação foi publicada na edição on line da Revista Britânica de Medicina e confirma trabalhos anteriores.

De acordo com os médicos, liderados por Ojvind Lidegaard, as mulheres que tomam comprimidos contendo um dos novos tipos de hormônio progesterona (drospirenona, desogestrel ou gestodeno) têm o dobro de risco de TEV do que as mulheres que usam pílulas contendo o progestagênio mais antigo (levonorgestrel). Isso já foi visto e investigações anteriores, mas só agora foi comprovado.

Os pesquisadores revisaram dados de contracepção hormonal e episódios de TEV para dinamarquesas com idades entre 15 e 49 anos, de janeiro de 2001 até dezembro de 2009. As voluntárias não tinham relato ou registro anterior de coágulos no sangue ou câncer antes do início desse estudo. No total, foram avaliadas mais de oito milhões e foram anotados 4.246 episódios de TEV.

Em comparação com as não usuárias de anticoncepcionais hormonais, pílulas com levonorgestrel triplicam o risco de TEV, e pílulas com drospirenona, desogestrel ou gestodeno aumentam o risco seis vezes, dizem os médicos dinamarqueses. Em termos absolutos, o risco de TEV em usuárias de pílulas modernas é cerca de 10 em 10 mil mulheres. E os pesquisadores afirmam que as usuárias de pílulas com desogestrel, gestodeno ou drospirenona devem consultar seus médicos a respeito do assunto.

Mas em editorial que acompanha a pesquisa, Philip Hannaford, da Universidade de Aberdeen, diz que não se deve exagerar no risco de pílulas anticoncepcionais para a saúde. Ele afirma que esse medicamento, em geral, é seguro e pode conferir importantes benefícios a longo prazo, inclusive no que diz respeito ao câncer e à mortalidade.

Fonte: Saúde da Mulher
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner