7.10.11

Como fica a venda de sibutramina

Após a retirada do mercado dos inibidores de apetite tipo anfetamínicos (anfepramona, femproporex e mazindol) a substância sibutramina se torna, junto com o orlistat (Xenical) uma das poucas opções de medicamentos para emagrecer. E sua venda fica restrita, por pelo menos mais um ano, com algumas condições.

Para usar o anorexígeno sibutramina, médico e paciente terão de assinar um termo de consentimento, de responsabilidade, sobre o uso e os riscos de usar o medicamento.



A receita deve vir acompanhada de notificação B (aquele formulário pequeno de cor azul, que alguns leigos chamam de "receita azul").

Em 60 dias os fabricantes de sibutramina terão que apresentar um plano de minização de riscos. A sibutramina fica em monitoramento do perfil de segurança por 12 meses, quando será feita uma nova avaliação da Anvisa que decidirá se manterá, ou não, o medicamento liberado.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner