28.4.16

Dieta do Champagne - faz bem e ajuda a emagrecer

Quem diria, o champagne faz bem à saúde e pode até ajudar a emagrecer.

Uma nova dieta que está sendo chamada Dieta do Champagne, promete emagrecer e traz outros benefícios.


Dieta do Champagne


Segundo o jornal britânico Daily Mail, a Dieta do Champanhe é simples. Ela incentiva a ingestão de duas taças ao dia, inseridas em um cardápio equilibrado, de até 1400 calorias diárias.

O champanhe ajuda a perder peso?


O champagne tem apenas 91 calorias por taça (há bebidas que chegam a 200 calorias). De acordo com Elisabeth Weichselbaum, pesquisadora da British Nutrition Foundation, a maioria das dietas proíbe a ingestão de álcool e chocolate, mas não há necessidade. A cientista explica que permitir a ingestão destes alimentos pode ter um poderoso efeito psicológico na manutenção da dieta.

Champanhe faz bem ao cérebro e coração, dizem pesquisadores


Pesquisadores da Universidade de Reading, na Inglaterra, em parceria com a Università degli studi di Cagliari, na Itália, constataram que o champanhe pode fazer bem ao coração, cérebro e circulação sanguínea. A bebida é rica em polifenóis, substância que dilata os vasos, controlando a pressão arterial e craniana.




Os cientistas perceberam que o consumo de champanhe é capaz de reduzir o mau colesterol, diminuir a incidência de derrames e ataques cardíacos, além de proteger o cérebro de doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

A pesquisa tomou como base os polifenóis presentes no vinho tinto*, fabricado com as uvas pinot meunier, pinot noir e chardonnay, as mesmas utilizadas na produção do champanhe. Para aproveitar os benefícios do champanhe sem comprometer a saúde, os cientistas recomendam o consumo de duas taças da bebida por dia.

Segundo recomendações da American Heart Association, quem não costuma ingerir bebidas alcoólicas não deve inserir o champanhe na rotina pensando nos seus benefícios, já que dieta e exercícios físicos trazem mais benéficos à saúde do que os potenciais efeitos positivos dos polifenóis presentes na bebida.

Benefícios do champagne


Rica em polifenóis, o espumante protege o coração e o cérebro e reduz o colesterol e protege de doenças como Alzheimer e Parkinson. O consumo de até duas taças por dia está liberado.

* Esta constatação já me pareceu óbvia desde o início da leitura. Se o vinho faz bem, o champagne fabricado com as mesmas uvas também faz.

Foto: Flickr.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner