5.12.11

O esportista e médico Sócrates deixa 'vários' exemplos

Escrevi o texto abaixo em meu blog pessoal de opinião e onde deixo uma lista com atalhos para todos os meus blogs.

Achei que cabia transcrevê-lo aqui por não deixar de falar sobre saúde ou o que pode causar a falta dela.

Publiquei o post transcrito abaixo originalmente no blog Renata Fraia Blogs. Mas antes de ler o artigo lembre-se: Álcool é droga e pode matar.
"Sócrates: nome de filósofo, esportista e médico deixa 'vários' exemplos 
Ele tinha nome de filósofo, era formado em medicina e era esportista. Motivos para ser ser elogiado e para servir de exemplo. 
Contudo, o médico-atleta Sócrates abusava de álcool. Um mau exemplo? Talvez NÃO.
Talvez esse tenha sido o melhor exemplo que o ídolo de uma das maiores torcidas do Brasil, quiçá do mundo... Os corinthianos. 
Um exemplo a não ser seguido é bem verdade. Quem sabe os torcedores do timão que costumam beber com frequência - quase todos os dias ou em todos os finais de semana - acordaram hoje com um pensamento: A partir de hoje, vou ingerir menos bebidas alcoólicas. Ou então, para quem já percebeu que não consegue se controlar, que às vezes deixa de ir a uma festa porque sabe que a bebida será mais forte que ele e exclama: - Não vou àquela festa ou àquele churrasco de domingão porque sei que vou beber. 
Ou seja, se você precisa alterar seu modo de convívio na sociedade porque o álcool o está dominando e quando a cerveja acaba você corre desesperadamente para comprar mais cerveja ou deixa de comer nas festas para a comida não ocupar o lugar da bebida, fique atento, você pode estar se tornando dependente da droga lícita chamada álcool
Um médico - cuja identidade não me recordo - falou a um canal de TV: - Se você bebe quase todos os dias, mesmo que pouca quantidade, já pode começar a desenvolver um cirrose hepática. 
"Talvez o filósofo não tenha morrido em vão." 
O Dr. Sócrates, como era carinhosamente conhecido, morreu no dia em que o Corinthians conquistou o título de pentacampeão brasileiro. Coincidência? Talvez não.
Talvez o filósofo não tenha morrido em vão. Sem sua morte ou sua doença, este artigo não faria sentido. Esse alerta não teria sido escrito".
Renata FraiaFarmacêutica (CRF23664) e Jornalista (MTB55-510)

Leia também: O que é e quais sintomas da septicemia?.

O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner