7.10.15

Músicas que melhoram o sistema imunológico

Estamos acostumados a ler sobre alimentos que melhoram o sistema imunológico. A fé e o pensamento positivo também podem fazer maravilhas por nosso sistema de defesa orgânica. Mas que algumas músicas podem melhorar o sistema imunológico, ah, isso é novidade! E é do Japão!

Uma pesquisa revelou que as músicas melhoram o sistema imunológico e diz quais são essas músicas.
Músicas que melhoram o sistema imunológico
Clave de Sol e notas musicais

A pesquisa, feita com ratos durou 2 anos. O resultado evidenciou que houve ação direta da música nas células T, as quais facilitam, por exemplo, a adaptação em casos de transplantes de órgãos. Após ouvir certos tipos de música o corpo das cobaias tiveram maior capacidade de produzir células T. Os benefícios foram observados no coração, que 'embalados pela música, especialmente pela ópera, o coração bate mais'. O próximo passo é encontrar fórmulas de diminuir os remédios que os transplantados utilizam para evitar rejeição.

As músicas que melhoram o sistema imunológico são:

1- La Traviata
2- músicas de Mozart
3- Enya

Os ratinhos que não ouviram nenhuma música morreram após 7 dias do transplante, os que ouviram música 24 horas por dia (até enquanto dormiam) o resultado foi: os que ouviram Enya morreram após 11 dias (ou seja, viveram 4 dias a mais), já os que ouviram Mozart tiveram seus corações batendo por 20 dias e, finalmente, os animais "tratados" com La Traviata de Verdi, sobreviveram por 26 dias.





A música também pode ajudar o cérebro a retardar os efeitos do Mal de Parkinson e Alzheimer.

Fica a dica para as academias: coloquem mais músicas como ópera e músicas de Mozart para suas aulas, que tal?

Ouça a música La Traviata:



Fonte: Vídeo do Bom Dia Brasil
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner