11.10.15

Como tratar espinhas e cravos

Tratar espinhas e cravos não é tarefa das mais fáceis porque elas têm maior incidência na adolescência, fase em que os jovens não têm muita paciência e tratar cravos e espinhas requer paciência.

Espinhas e cravos são sintomas da acne, uma doença de predisposição genética, cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais.

Como tratar espinhas e cravos
Como tratar espinhas e cravos/foto.

É por isso que as lesões começam a aparecer na puberdade, época em os hormônios sexuais começam a ser produzidos pelo organismo, assim elas atingem ambos os sexos, meninas e meninos.

Contudo, a doença não atinge apenas os adolescentes ela pode permanecer ou aparecer na idade adulta, mais frequentemente em mulheres, devido às alterações hormonais.

Como tratar espinhas e cravos?

A melhor forma de acabar com espinhas e cravos é procurar um médico dermatologista. Ele irá receitar remédios tópicos, que podem ser comprados em drogarias ou fórmulas de farmácia de manipulação; sabonetes específicos (como o sabonete de enxofre) e, até antibióticos, se for o caso de muitas espinhas purulentas e pele vermelha e inflamada.

Mas há algumas dicas para tratar espinhas que são eficazes para aquelas espinhas e cravos pequenos ou que estão no início do problema. Veja:

Dicas de como tratar espinhas e cravos


Limpeza diária: Essa dica serve para tratar espinhas e para prevenir as espinhas e os cravos para quem tem pele muito oleosa. De manhã e à noite lave o rosto com um sabonete de enxofre. Você também pode usar um sabonete que combina o enxofre com o ácido salicílico, como o Actine da Darrow, por exemplo, mas existem vários desses nas drogarias. Se as espinhas forem muitas você pode usar 3 vezes ao dia. 

Tonificar a pele: Nada de usar tonificantes com álcool na formulação eles retiram a oleosidade, mas o álcool ativará a produção de gordura na sua pele. Use tônicos à base de água. Mas vou dar uma dica especial, passar água gelada ou pedra de gelo (você será direcionado para um outro site) fará o mesmo efeito. Faça após a limpeza. 

Comidas oleosas: ok, castanhas e chocolate não causam espinhas, mas como são alimentos gordurosos podem agravar o problema em quem já o tiver.
 
Filtro solar: use filtros solares sem óleo (livre de óleo ou oil free), sua pele já é oleosa demais para colocar mais óleo. Evite usar no dia a dia aquelas marcas que a gente usa para ir à praia, prefira o protetor L'Oreal, que o preço é semelhante aos 'de praia'.
 
Use o demaquilante: Ele vai evitar que os poros fiquem obstruídos, agravando ainda mais o problema. 

Anticoncepcional: eles têm hormônios, portanto, verifique com o médico a possibilidade de trocar de marca para amenizar as espinhas (que como já disse são causadas por alterações hormonais).

Por que as espinhas e os cravos aparecem?

O aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dá origem aos cravos pretos (comedões abertos) e cravos brancos (comedões fechados).

A proliferação de microorganismos é favorecida por essas condições, que provocam a inflamação das espinhas. A principal bactéria envolvida nessa infecção é o Propionibacterium acnes.

Artigos relacionados
  1. Como acabar com piolhos e lêndeas
  2. Entenda do que é formada a 'casca' da lêndea.
  3. Vinagre com água morna para piolhos e lêndeas
  4. Piolho chato, o piolho pubiano: tratamentos e fotos 
  5. Como acabar com pernilongos
  6. Repelente caseiro Ana Maria Braga.
  7. Hortelã é repelente natural de formigas
  8. Como acabar com pombos
  9. Como acabar com piolho de cobra.

Texto de Renata Fraia /Farmacêutica e jornalista
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner