14.6.17

Quando é hora de trocar o travesseiro?

Travesseiro é um item que tem prazo de validade e precisa ser trocado a cada dois anos, para garantir nosso conforto e também nossa saúde. Continue lendo e descubra a hora certa de trocar o travesseiro.

De quanto em quanto tempo devo trocar o travesseiro?


Trocar o travesseiro
foto: Wokandapix

Pouca gente sabe, mas o travesseiro tem prazo de validade e é um dos itens que devem ser renovados.

Com o tempo, o travesseiro acumula em seu interior micro-organismos que se alimentam das secreções que eliminamos durante sono pela boca (saliva), ouvidos (cerume), olhos (lágrimas), nariz (coriza), cabelos (seborreia) e pele (suor e pele morta).



Soma-se a tudo isso as secreções artificiais, tais quais cosméticos, perfumes, tinturas e maquiagem, para avaliarmos a contaminação maciça diária a que são submetidos os travesseiros.

Um travesseiro repleto de impurezas torna-se ambiente propício para proliferação de ácaros, fungos e bactérias, se transformando em fontes prováveis de diversos tipos de alergia.

O prazo de validade do travesseiro 


A sua vida útil é de, em média, cinco anos de uso, mas médicos e fisioterapeutas recomendam a sua troca a cada dois anos, pois a prolongação do uso pode ser uma grande fonte de contaminação por micro-organismos.

É importante destacar que tudo isto pode ser minimizado com o uso de travesseiros com tratamento antiácaro.

Na hora de trocar o travesseiro é importante estar atento ao seu biótipo, à posição em que dorme, assim como identificar o suporte da espuma, identificando-a como macia, média ou firme.



É essencial sempre ter em mente que, na postura lateral - a mais indicada para sono - a altura do travesseiro deve preencher exatamente o espaço entre a cabeça e o colchão, formando um ângulo de 90 graus no pescoço e alinhando a coluna cervical.

Peça chave para um sono de qualidade e de uma vida mais saudável, o travesseiro pode auxiliar a combater os distúrbios do sono, como insônia, ronco e apneia do sono. Quem dorme menos que o necessário ou utiliza o travesseiro de forma incorreta, geralmente, é também mais agitado e pode apresentar sintomas de depressão.

ATUALIZAÇÃO em 03/072017:

Além se saber a hora de trocar o travesseiro é fundamental saber a hora de trocar a fronha do seu travesseiro. O faça no mínimo 1 vez por semana por causa a sujeira e oleosidade dos cabelos que são alimentos para ácaros. Vírus e bactérias também podem se acumular na fronha. E quem for alérgico a ácaros e/ou a pó deve usar um protetor de travesseiro "antimofo e antibacteriano" antes colocar a fronha.



OBS.: Este artigo teve colaboração da Duoflex
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

2 comentários:

  1. Também é preciso trocar a fronha com regularidade, o que ajuda a manter o travesseiro limpo. http://www.planodesaudenota10.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Vanessa, com certeza! No mínimo 1 vez por semana, por causa a sujeira e oleosidade dos cabelos que são alimentos para ácaros. além de vírus e bactérias que podem se acumular na fronha.

      Excluir

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner