25.9.15

Saúde à mesa: mousse de Chia

Leia abaixo, um pouco sobre a história da semente de chia, seus benefícios e no final uma receita de mousse de Chia.

Há tempos, a semente de Chia era utilizada por astecas, mexicanos e habitantes do Sul da Califórnia e do Arizona como suplemento alimentar para aumentar a resistência, a energia e a força necessária para sobreviver sob condições extremas, como calor intenso e escassez de água e de alimentos.

 “Extremamente nutritiva, a Chia é rica em ômega 3, ácido caféico e ácido clorogênico, proteína e fibras, vitaminas do complexo B - com maior destaque para a niacina e a tiamina, e minerais, como cálcio, fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco e cobre”, afirma Thais Souza, nutricionista da rede Mundo Verde.

Estudos revelam que, até o momento, a Chia é a fonte vegetal de maior concentração de ômega 3 já encontrada. Esse nutriente ajuda a diminuir o colesterol e a pressão arterial, ajudando a combater doenças cardiovasculares, aterosclerose e hipertensão.

A Chia também auxilia no emagrecimento (leia sobre isso aqui) pois, suas fibras, em contato com líquidos, se gelatinizam, ocupando no estômago o espaço que seria ocupado pelo alimento, ajudando a reduzir o apetite. Essas mesmas fibras aumentam o volume do bolo fecal, melhorando o funcionamento do intestino.

“Esse “gel” age no controle e prevenção de doenças como diabetes e hipercolesterolemia, pois retém parte da glicose e da gordura ingeridas, que são eliminados nas fezes”, completa Thaís.

Além disso, a semente da Chia tem um tipo de proteína que apresenta boa digestibilidade e alto valor biológico, fatores que fazem do alimento uma excelente opção para vegetarianos e praticantes de atividades físicas. Seu consumo é, ainda, indicado para crianças, adolescentes e gestantes, porque, além de complementar o fornecimento de proteínas, nutriente essencial para o correto crescimento e desenvolvimento, é rica em cálcio, importante para a formação da massa óssea. “O alto teor desse mineral também faz da Chia uma excelente opção para quem tem osteopenia e osteoporose”, destaca Thaís.

A semente possui consideráveis teores de ferro, nutriente importante para a produção das células vermelhas do sangue e transporte de oxigênio. E, ainda, nutrientes relacionados ao fortalecimento da imunidade, produção de energia, desintoxicação hepática e formação de neurotransmissores.

Receita:

Mousse de Chia


Ingredientes
  • 3 colheres de sopa de grãos de chia
  • 180 ml de água
  • 200 ml de bebida vegetal de arroz
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 24 g de gelatina sem sabor
  • 200 g de ricota fresca
  • 1 pacote de gelatina (sabor de preferência) preparada de acordo com as instruções do rótulo.





Como fazer o mousse de chia


Coloque os grãos de chia para hidratar na água. Aqueça bem a bebida de arroz com o mel e em seguida acrescente a gelatina, mexendo até dissolver. Leve essa mistura ao liquidificador e bata com a ricota. Em uma tigela acrescente a mistura e as sementes de chia hidratadas e mexa bem. Em uma forma de pudim, alterne camadas do creme de chia e da gelatina de sua preferência. Para obter camadas bem distintas, deixe intervalos de 30 minutos na geladeira, entre uma camada e outra.

Rendimento: 8 porções
Valor Calórico: 112,3 Kcal por porção

Obs: A semente de chia é isenta de glúten, portanto pode ser utilizada por indivíduos que apresentam doença celíaca.

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner