25.5.16

O que é rinite?

Médico do AvalDoc explica o que é rinite e dá dicas sobre como controlar o problema.

Em algumas épocas do ano, a frase “tenho rinite” parece se aplicar a quase todas as pessoas.

Mas isso não é apenas uma sensação. O médico otorrinolaringologista Bruno Almeida Antunes Rossini afirma que a rinite é mesmo um problema muito comum, especialmente em cidades grandes - onde a população está exposta a poluentes - ou no campo, onde há muito pólen disperso no ar.


O que é rinite?

“A rinite é caracterizada por uma inflamação no nariz e pode piorar quando o tempo está frio ou seco, ocasião em que aumentam o número de substâncias particuladas no ar”, 

explica o especialista, que faz parte do AvalDoc – site que oferece o serviço de marcação de consultas em apenas alguns cliques, no endereço www.avaldoc.com.br.


Rossini afirma que a rinite pode ser alérgica ou viral
 “A rinite alérgica é a mais comum, mas a inflamação também pode ser ocasionada por medicamentos ou por toxicidade, como exposição a cheiros fortes”, diz. 

Ele completa que gripes e resfriados também podem causar rinite infecciosa causada por vírus.

O especialista também dá dicas para descobrir se a pessoa está mesmo com rinite.

Segundo ele, os sintomas mais comuns são coriza, obstrução nasal, coceira no nariz e espirros frequentes. “As rinites alérgicas não causam febre”, salienta. E, apesar disso, quem sofre com rinite sabe que o problema pode ser muito incômodo: segundo o médico, as crises podem durar meses.

Boa notícia – A boa notícia, diz Rossini, é que na maior parte das vezes a rinite tem controle. “Isso pode ser feito de maneira simples, com orientações ambientais de limpeza e tratamento medicamentoso”.

Ele recomenda que quem sofre com esse problema procure um médico otorrinolaringologista ou alergista.
 “Primeiro, fazemos um tratamento mais geral e, se não houver bons resultados, passamos para tratamentos específicos. Existem inclusive exames para detectar a que substância o paciente tem alergia. Mas, na grande parte das vezes, o tratamento geral funciona e a crise passa em alguns dias”.
Além de tratar a crise, é preciso realizar um tratamento de manutenção, que é um pouco mais longo, mas muito eficaz. E, se as orientações forem seguidas de maneira correta, é possível prevenir que a rinite seja desencadeada, o que gera uma grande melhora na qualidade de vida.

Confira abaixo as dicas do otorrinolaringologista Bruno Almeida Antunes Rossini para prevenir as crises de rinite:

Dicas para prevenir a rinite


- Mantenha o ambiente sempre arejado e ensolarado: deixe o sol entrar;
- Na hora de fazer a limpeza, evite o uso de vassouras, que levantam as partículas do chão;
- Use sempre um rodo e panos úmidos com água para limpar o chão;
- Coloque colchões, travesseiros e cobertores no sol sempre que possível;
- Utilize em colchões e cobertores capas com tratamento antialérgico;
- Evite contato com irritantes nasais: poeira, mofo, pelos de animais, fumaça de cigarro.

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner