11.1.13

Aspirina em excesso e perda de visão

Probabilidade de adquirir problemas de visão aumenta em duas vezes com a ingestão em excesso de aspirina.

Em trabalho publicado na revista científica Journal of the American Medical Association (JAMA), um estudo de mais de 20 anos diz que o uso regular de aspirinas pode causar degeneração macular - um transtorno que pode causa perda de visão e é vinculado à idade,

Aspirina pode levar a cegueira
aspirina e perda de visão/foto


A notícia foi publicada pelo site do Estadão e creditada à BBC Brasil.

Realizada com quase cinco mil participantes, a pesquisa, realizada pela School of Medicine and Public Heath (Escola de Medicina e Saúde Pública) da Universidade de Wisconsin, mostrou que o risco de desenvolver a doença é duas vezes maior em quem toma aspirinas por duas vezes por semana por mais de três meses.

O aumento foi relacionado a forma "úmida" da degeneração macular, que é mais grave e provoca vazamento de fluídos e pode levar à cegueira. Não foi detectado nenhum aumento da forma "seca", mais comum, e que apresenta uma visão levemente embaçada.

Os participantes do estudo têm entre 43 e 86 anos e fizeram testes durante períodos regulares, levando em conta também fatores como idade, sexo e nível socioeconômico.

A aspirina tem sido apontada como benéfica nos infartos e outros problemas cardiovasculares, além de propriedades anti-inflamatórias, mas o estudo apontou que se deve tomar cuidado com os excessos. [50+]

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner