9.1.13

Livro para perder peso com inteligência

Especialmente durante o verão, muitas pessoas se preocupam mais com a boa forma física, a alimentação saudável e com o cumprimento de todos os objetivos de dieta e perda de peso, traçados para o ano.

Pensando nisso, Edições Loyola com o auxílio da renomada nutricionista, Dra. Gisela Savioli, autora do livro Tudo posso, mas nem tudo me convém, preparou algumas dicas interessantes que vão ajudar a perder peso reduzindo as calorias das refeições.



Livro para perder peso com inteligência

Em geral, as dietas são cercadas de privações e costumam conter alimentos não muito agradáveis ao paladar. Quase sempre, no primeiro fim de semana, já se tornam insuportáveis. Aí vêm o mau humor, a falta de disposição e os ataques inevitáveis à geladeira. Para que isso não aconteça, experimente consumir de 4 a 6 colheres (por dia) de sopa de farelo de aveia para proporcionar uma redução em níveis plasmáticos do colesterol sérico.

Comer muita carne e pouco carboidrato não contribui para o emagrecimento, dependendo do tipo de carne, as calorias vão ser maiores, porque, além de os nutrientes serem diferentes, a carne contém gordura saturada, proteína e não contém carboidrato. Isso pode fornecer calorias extras, menor sensação de saciedade e menor qualidade quanto à oferta de nutrientes.

O chocolate contém triptofano, que forma a serotonina no cérebro e, por isso, para alguns a sensação é tão prazerosa após o seu consumo. Entretanto, deve ser consumido com moderação, e só de vez em quando. Uma dica é consumir o cacau em pó ou o chocolate com porcentagem maior em cacau.

Pé de galinha na sopa oferece colágeno, proteína animal, que é favorável para a saúde muscular. Contudo, consuma com moderação, pois excesso de proteína animal faz que o cálcio seja remanejado do osso para a microcirculação.

O glutamato monossódico, que é o sal presente em todas as proteínas animais e vegetais, interfere na produção do hormônio GH (growth hormone, em português: hormônio do crescimento) e na regulação hipotalâmica do apetite, favorecendo a obesidade.

A obra Tudo posso, mas nem tudo me convém expõe por que é necessário tomar cuidado com o consumo de leite, ração humana, linhaça dourada; alerta sobre a importância dos alimentos de época, ressalta o estudo da procedência de tudo o que vai entrar na geladeira. Explica por que especialistas americanos em saúde e nutrição começaram a tratar o açúcar com o mesmo rigor que isolou o tabaco do convívio social.

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner