28.1.13

Programa Saúde Para Todos Copa

Acaba de ser lançado, nesta sexta-feira (25), o Programa Saúde Para Todos Copa. A ação da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES) objetiva garantir saúde para as pessoas que irão trabalhar durante a copa das Confederações e Copa do Mundo e os turistas que visitarão a capital nos dois eventos esportivos.


O Programa Saúde Para Todos Copa é composto por ações que pretendem garantir medidas de prevenção, controle e promoção da saúde a todos. A subsecretária de Vigilância e Saúde da SES, Marília Coelho Cunha, diz que a meta do programa é proteger a população na realização destes grandes eventos.
"Estamos implementando e reforçando ações de prevenção e promoção da saúde para manter a população protegida contra doenças", explica a subsecretária.
Programa Saúde Para Todos Copa

Serão realizadas quatro ações. A primeira consiste na certificação dos estabelecimentos comerciais que aderirem ao programa. Farmácias, drogarias, bares, restaurantes e hotéis da cidade passarão por fiscalizações higiênico-sanitárias para garantir a qualidade dos serviços prestados. Todos estes estabelecimentos receberão um selo de certificação.

A segunda é a distribuição de cartilhas com orientações de saúde, farmacêuticas e localização de serviços e de ambulância. O material terá símbolos internacionais para facilitar a comunicação. A vacinação é a terceira ação do programa e pretende proteger 95% dos trabalhadores que terão contato direto com os turistas. Funcionários do aeroporto, da rodoviária, de hotéis, feiras, bares, restaurantes e taxistas receberão a dose contra o sarampo, rubéola e caxumba. A ação terá início no próximo domingo (27) no Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek das 8h às 18h.

A quarta é intensificar as ações de saúde nos lugares de maior circulação de pessoas como shoppings, cinemas e teatros. O objetivo é sensibilizar a população quanto ao uso abusivo do álcool e quanto às doenças sexualmente transmissíveis (DST).

O subsecretário de gestão participativa da Secretaria de Estado de Saúde do DF, José Bonifácio Carreira, diz que Brasília será um exemplo em saúde durante os eventos esportivos.
"Marcaremos um ponto importante porque vamos ter o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendendo dentro do estádio, agilidade na locomoção para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e Hospital de Base, além de treinamento de segurança aos funcionários do estádio para ensinar como prestar os primeiro socorros a vítimas de acidentes", disse o subsecretário.
Fonte: Agencia Brasil
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner