29.5.13

O câncer de Oscar Schmidt

O ex-jogador de basquete Oscar Schmidt, de 55 anos, iniciou uma nova batalha contra o câncer, dois anos após fazer a primeira cirurgia para retirar um tumor no cérebro. Agora, o ex-atleta passou por uma segunda operação e deve fazer sessões de radioterapia até julho. Depois, ele passará por quimioterapia, sem prazo para terminar.

O câncer de Oscar Schmidt

Leia tudo o que já foi escrito sobre câncer.

Oscar foi diagnosticado com um tipo de câncer chamado glioma, localizado na parte frontal esquerda do cérebro. A escala de gravidade desse tumor vai de 1 a 4, sendo o primeiro benigno e o quarto, o mais grave.

Em 2011, quando o ex-jogador foi submetido à primeira cirurgia, o câncer foi identificado como maligno de grau 2, considerado baixo. Desta vez, a doença aumentou para o grau 3.

Segundo o neurologista Marcos de Queiroz, que acompanha o caso, a sequela nessa região é muito pequena.

"No caso dele, essa lesão frontal esquerda geralmente dá um distúrbio de comportamento, em que a pessoa fica mais expansiva. E o Oscar sempre foi assim, então eu diria que ele não teve grandes sequelas, nem do tumor, nem da cirurgia", explicou Queiroz ao Bom Dia Brasil.

Quando as sessões de radioterapia acabarem, começará a fase da quimioterapia, com um remédio via oral, que será tomado diariamente em doses pequenas e tem poucos efeitos colaterais, disse o médico.

Considerado um dos maiores jogadores do basquete brasileiro, Oscar fez história ao liderar a seleção na conquista dos Jogos Pan-Americanos em 1987, quando o Brasil venceu os EUA em solo americano.

De acordo com o neurologista, Oscar poderá viajar para os EUA em setembro para participar da cerimônia que vai marcar a entrada do "Mão Santa" no hall da fama do basquete mundial.
Fonte: G1
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner