24.7.14

Lista dos remédios que ficaram mais baratos

A lista dos lista dos remédios que ficaram mais baratos inclui 1.645 remédios, sendo que deste todo 174 remédios foram incluídos recentemente.

Nesta semana, a Anvisa reduziu o preço máximo de mais 174 medicamentos. A isenção de PIS/Cofins diminui preços em 12%, em média.

Os medicamentos ficaram mais baratos nas farmácias devido a retirada dos impostos. Foram incluídos, por exemplo, remédios para prevenção de AVC e infarto, para disfunção erétil, tratamento de depressão, indução de ovulação, vacina contra gripe e anti-inflamatórios.

Já a "lista positiva de medicamentos", que isenta de PIS/Confins algumas substâncias, foi criada em 2001 e desde então é atualizada periodicamente com os que recebem isenção de tributos. A última atualização foi feita em 2007. Essa lista representa 75,4% dos medicamentos comercializados em todo o país, de acordo com o Ministério da Saúde.

lista positiva de medicamentos

As listas dos remédios mais baratos:

Lista dos remédios que ficaram mais baratos: os 174 medicamentos incluídos.
Lista com os 1645 medicamentos.


Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner