1.1.15

Cartas psicografadas por Chico Xavier podem ter autenticidade comprovada pela Ciência

O resultado de um estudo publicado pela revista científica “Explore”, da Editora Elservier na Holanda, parece ser o primeiro passo para que religião e ciência comecem a se entender nos assuntos "autenticidade das cartas psicografadas por Chico Xavier" e "vida após a morte".

Entenda o estudo com as cartas psicografadas por Chico Xavier


A pesquisa cientifica foi realizada pelo núcleo da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e concluiu que informações contidas em lote de cartas psicografadas pelo médium Chico Xavier (1910-2002) eram verídicas.
Cartas psicografadas por Chico Xavier podem ter autenticidade comprovada pela Ciência
Chico Xavier (Reprodução)

Foram analisadas 13 (treze) cartas atribuídas a Jair Presente, morto por afogamento em 1974, no estado de São Paulo. As cartas começaram a ser psicografadas pelo médium Chico Xavier ainda no ano da morte de Presente e terminaram em 1979.

A metodologia da pesquisa incluiu entrevistas em profundidade com familiares e pessoas que tiveram acesso aos fatos, além da checagem de recortes de jornal e de outros documentos.

O que se concluiu até agora sobre as cartas psicografadas por Chico Xavier


A análise foi feita nas cartas originais psicografadas por Chico Xavier, e 99 informações eram objetivas e passíveis de verificação.

Segundo o psiquiatra Alexander Moreira-Almeida, diretor do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (NUPES-UFJF), a pesquisa se iniciou em 2011 e foi feita em parceria com o Departamento de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP), a partir do pós-doutorado dos pesquisadores Denise Paraná e Alexandre Rocha.

Leia mais sobre >> Ciência e Espiritismo.

Segundo ele, o estudo comprovou que os dados colhidos nas cartas atribuídas a Jair Presente (nomes, datas e descrições de fatos acontecidos na vida da família) eram precisas e verdadeiras.

"A probabilidade de Chico Xavier ter tido acesso a grande parte destas informações por vias convencionais era extremamente remota. Em vários casos, eram informações muito privativas da família e, em algumas delas, até desconhecidas dos familiares que visitaram Chico Xavier para obter as cartas psicografadas", afirmou o psiquiatra ao UOL.

Merece destaque a informação...


O cientista citou como exemplo o falecimento da madrinha da mãe de Jair Presente, "fato que ainda não era do conhecimento da família", completou Almeida.

Leia mais sobre >> Ciência.


O que deverá ser comprovado na continuidade dos estudos


– A grande discussão que existe no meio acadêmico é se estas cartas, efetivamente, proporcionam evidências, informações verídicas, sobre a pessoa falecida, e se o médium não teria tido acesso por meios normais. Esta é a grande pergunta – atesta Almeida, também coordenador das seções de Espiritualidade e Psiquiatria da Associação Mundial de Psiquiatria. [citação do O Globo]

Fontes: O Globo (citação) e UOL

Comentário Saúde com Ciência

A explicação da ciência até agora, mais especificamente da parapsicologia, era que o médium tinha uma imensa capacidade de telepatia, 'lendo' (captando) os pensamentos das pessoas que o procuravam. Sim, esta poderia ser uma explicação plausível, mas o que dizer do dado sobre o falecimento da madrinha da mãe de Jair Presente, que ainda não era do conhecimento da família?

A pesquisa ainda está no início, mas já avançou para começar a derrubar a ideia de telepatia.

E como dizia Shakespeare:

"Há mais mistérios entre o céu e a terra do que a vã filosofia dos homens possa imaginar."
(William Shakespeare)

Aguardemos ansiosos por novas provas da existência da vida após a morte, o que afinal, tenta se provar com este e outros estudos semelhantes...

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner