4.10.16

O que é sialorreia e como tratar o excesso de saliva

Fonoaudióloga explica o que é sialorreia, as causas e tratamentos para o problema.

Um dos mais importantes fluídos corporais, a saliva é responsável pela boa digestão doa alimentos, mastigação, combate a bactérias, entre outros. A produção normal de saliva em pessoas saudáveis é de 1.000 a 1.500 ml ao longo de 24 horas, porém, quando produzida em excesso é sinal de que há algo de errado.

O que é sialorreia e como tratar o excesso de saliva
O que é sialorreia e como tratar o excesso de saliva


O que é sialorreia

Muito mais comum do que as pessoas imaginam ou identificam, a sialorreia, ou seja, o aumento do fluxo salivar é sintoma , ou seja, sialorreia é o aumento de saliva (excesso de saliva) de que há algo de errado com a deglutição e pode ser originada pela falta de controle nos músculos da face, boca, garganta e língua, além de ocasionada por problemas neurológicos como a paralisia cerebral, AVC, Parkinson e outras disfunções do controle neurológico.

Leia também: Pasta de dente em comprimido.

Sialorreia - Causas


As mais comuns causas da sialorreia são: o excesso de saliva pode ser originado pela falta de controle nos músculos da face, boca, garganta e língua, além de ocasionada por problemas neurológicos como a paralisia cerebral, AVC, Parkinson e outras disfunções do controle neurológico. Ou seja, a sialorreia seja geralmente um sintoma de problemas graves.

Independente das causas, a sialorreia influencia diretamente na autoestima e consequentemente nas relações sociais por conta dos desconfortos e constrangimentos causados pela falta de controle da saliva.

Leia também: Manga contra mau-hálito.

Sialorreia - Tratamentos

Por todo o desconforto que gera, é importante investir em tratamentos que minimizem o sintoma e trate de forma não invasiva antes de recorrer a tratamentos mais agressivos.

Embora a sialorreia seja geralmente um sintoma de problemas graves, e em alguns casos exige uso de medicamentos, intervenções cirúrgicas e aplicação de botox nas glândulas, também é tratado com eficiência pela fonoaudiologia e indicado antes mesmo de se pensar em técnicas mais invasivas.

Leia também: Fonoaudiologia pode atenuar marcas de expressão.

Segundo Adriana Saad, fonoaudióloga e diretora da Central da Fonoaudiologia, fatores fisiológicos e de ordem neurológica que afeta diretamente o controle motor da cavidade oral são tratados por meio de exercícios e manobras especificas que retomam o controle neuromuscular da região.

"As técnicas aplicadas permitem o controle da saliva por meio do fortalecimento dos músculos da face,língua e garganta" comenta.

Fonte: www.centraldafonoaudiologia.com.br

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner