25.9.16

Cálcio no organismo: quantidade necessária em cada idade

Cálcio - essencial para a saúde dos ossos em todas as fases da vida - descubra a quantidade de cálcio no organismo que precisamos diariamente.

Sabia que o esqueleto humano contém 99% de todo o cálcio presente no organismo? Sim, e o mineral cálcio, encontrado em grande quantidade no esqueleto humano, desempenha papéis fundamentais para o organismo em todas as idades.

Cálcio no organismo: quantidade necessária em cada idade
Cálcio no organismo: quantidade necessária em cada idade


A preocupação com a quantidade de cálcio ingerido muitas vezes é intensificada na infância e depois na terceira idade. Mas muita gente não sabe que esse mineral é mais importante do que se imagina em qualquer idade.

Principais funções do cálcio


O cálcio é essencial para ativar a contração muscular, a transmissão de impulsos nervosos, a coagulação do sangue e é um dos responsáveis pela força e resistência dos ossos nas várias etapas da vida. Mas o cálcio no organismo precisa estar em qual quantidade?

Leia também: Mineral Cálcio: fontes e funções.

Quanto de cálcio no organismo necessitamos?


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade de cálcio necessária por dia, varia de 300 mg a 1300 mg por pessoa, dependendo da idade.

Infância e Adolescência — Na infância e na adolescência, o cálcio é fundamental para a formação e crescimento dos ossos do esqueleto e da formação e saúde dos dentes.

Fase Adulta — Entre 25 e 35 anos, o consumo é importante para a obtenção do pico de massa óssea. A partir dos 35 anos, é fundamental para repor a perda de osso que começa a ser observada.

Gravidez e Amamentação — Já na gravidez e na amamentação as necessidades são maiores já que o corpo precisa receber cálcio em dobro - para mãe e para o bebê.

Menopausa — Após a menopausa, há a diminuição de estrogênios e o cálcio auxilia a evitar a perda rápida de osso, podendo causar osteoporose.

Terceira idade — Depois dos 65 anos, a absorção pelo intestino fica comprometida e, portanto, torna-se necessário um aumento de ingestão.

Como manter a quantidade de cálcio no organismo satisfatória e estável?


Para que se mantenha a ingestão da quantidade recomendada do mineral, deve-se estar atento ao consumo de alimentos fontes de cálcio, como o leite e seus derivados (queijo, manteiga, iogurte, entre outros - prefira as versões magras), os vegetais verdes folhosos como a couve, a gema do ovo, os mariscos e as leguminosas (feijão, grão-de-bico e lentilha) são ricos em cálcio, embora o cálcio presente no feijão, por exemplo, não seja bem aproveitado por causa da presença de ferro no alimento, que se liga ao cálcio de forma a diminuir sua absorção.




Os exercícios e a vitamina D no aproveitamento e fixação de cálcio nos ossos


A prática de atividades físicas regulares, como caminhada e corrida, por exemplo, e a ingestão de vitamina D auxiliam no processo de aproveitamento e fixação do cálcio no organismo.

Leia também: Veja as fontes de vitamina D.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner