15.9.15

Lei Angelina Jolie garante exame em mulheres com câncer na família

O governador do Rio de Janeiro, Pezão, sanciona Lei Angelina Jolie.

A atriz Angelina Jolie descobriu que tinha 87% de chance de ter câncer após um exame, o que fez com que tomasse uma decisão que pode até ter gerado algumas polêmicas, mas que salvou sua vida e a livrou da possibilidade de morrer de um câncer extremamente agressivo que matou sua mãe e sua tia. Com o diagnóstico ela decidiu retirar os seios (mastectomia), e também os ovários.

Lei Angelina Jolie garante exame em mulheres com câncer na família
Lei Angelina Jolie garante exame em mulheres com câncer na família


O caso de grande repercussão mundial originou a Lei Angelina Jolie de autoria da deputada estadual Marcia Jeovani (PR), que autoriza o governo estadual a firmar convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS) para realizar exames capazes de detectar uma mutação genética que, quando ocorre, amplia a chance de a mulher desenvolver câncer de mama ou de ovário.

Leia também: Identificar doenças pelo DNA está mais acessível, mas preocupa especialistas.


O exame, que avalia os genes BRCA1 e BRCA2, custa cerca de R$ 6,7 mil em laboratórios particulares.






Quem se beneficiará da Lei Angelina Jolie


Por enquanto, só poderão se beneficiar da gratuidade, por meio do convênio a ser firmado pelo governo do Rio, mulheres que moram no Estado do Rio e têm histórico familiar de câncer de mama ou de ovário.

A interessada deverá apresentar laudo que comprove que dois parentes de primeiro grau ou três de até segundo grau tenham diagnosticado esse tipo de câncer antes dos 50 anos de idade.

O exame deverá ser requisitado por um médico geneticista, mastologista ou oncologista. No entanto, ainda não há prazo para o pacto ser firmado e os exames serem liberados.

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner