16.10.15

"Meninas que Adestram Lobos" (livro sobre lúpus): relatos da convivência com a doença

O livro "Meninas que Adestram Lobos" aborda situações em que vivem as pessoas com Lúpus.

Sabia que noventa por cento das pessoas atingidas são mulheres? Em uma abordagem envolvente, a autora Mara Chan conta como é sua vida com a doença. A partir de sua narrativa, muitas outras meninas-mulheres poderão aprender a conviver com esta doença autoimune.

"Este livro aborda situações em que vivem as pessoas que sofrem de uma doença crônica e autoimune chamada Lúpus. Noventa por cento dos atingidos são mulheres. Mulheres que, de repente, depararam-se com uma transformação em suas vidas, sem muitas vezes receberem informações e atenção exata no momento em que mais precisam. Mulheres que assim como eu, em algum momento da minha vida, tenho sentido como se houvessem me empurrado para dentro de um trem, rumo à uma viagem desconhecida, sem direito a uma passagem de volta. Mulheres frágeis, sensíveis e delicadas. Sinceras e transparentes ao ponto de não saberem esconder seus medos, lágrimas e incertezas perante um mundo que não as compreendem. Mulheres ousadas para lutar, mesmo com a fragilidade de meninas." - Mara Chan.

"Meninas que Adestram Lobos": relatos da convivência com o Lúpus
"Meninas que Adestram Lobos" foto: Livraria Cultura

O livro "Meninas que Adestram Lobos" que acaba de ser lançado a pré-venda no Brasil, através da Livraria Cultura, com o apoio da Chiado Editora. Já esta nas livrarias de Portugal.

É uma obra que relata a luta dos portadores de lúpus, dedicado especialmente para as mulheres, porque são elas 90% dos casos diagnosticados. O lançamento oficial será agora no dia 24 de outubro, em Lisboa.

No livro, além da autora, outras 21 mulheres também fazem seus relatos sobre como convivem com a doença.

Leia mais sobre livros de saúde.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner