2.11.15

Deficiência de vitamina D vira epidemia

Deficiência de vitamina D é epidemia e provoca doenças como obesidade e diabetes.

Você sabia que 80% da vitamina D necessária ao bom funcionamento do corpo é produzida pelo nosso próprio organismo? Apesar disso, pesquisas apontam a existência de uma verdadeira epidemia de deficiência da vitamina na população, o que pode acarretar problemas de saúde, como osteoporose, quedas, obesidade, diabetes mellitus e uma maior incidência de câncer.

“Nos Estados Unidos, 75% da população branca e 90% da população negra têm deficiência de vitamina D, e pesquisas mostram a mesma proporção no Brasil”; 

Afirma a endocrinologista Vivian Estefan, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos.

► Leia também: Vitamina D pode tratar doenças autoimunes, diz estudo

Deficiência de vitamina D vira epidemia
Deficiência de vitamina D vira epidemia

A falta de vitamina D é uma epidemia”, explica a especialista. Uma das principais funções da vitamina é atuar na absorção do cálcio, mineral necessário à formação dos ossos. Na juventude, quadros extremos de deficiência podem levar ao raquitismo e, na idade adulta, podem evoluir para a osteoporose.

► Leia também: Vitamina D ajuda pacientes com asma.

O calciferol, nome científico da vitamina, também é um importante aliado do metabolismo e da boa saúde neuromuscular. Sua ausência pode levar a casos de dores articulares, como artrites, fraqueza muscular e até mesmo quedas, principalmente em idosos.

Fontes de vitamina D


A maior parte da vitamina D do nosso organismo é sintetizada pela pele, a partir da ação direta da luz solar. Por isso, a exposição solar é muito importante para prevenir e tratar esta deficiência. A produção, no entanto, é bloqueada pela aplicação dos filtros solares.

► Leia também: Vitamina D: fontes e propriedades.

Nos alimentos, a vitamina está presente principalmente em peixes, como atum, sardinha e salmão, e no ovo, mas em pequenas quantidades. Leite e cereais industrializados costumam ser suplementados com uma baixa quantidade de calciferol.

“O paciente que apresenta sintomas como fraqueza muscular, dor nas articulações, excesso de peso e níveis de colesterol ou pressão arterial elevados, deve investigar um possível quadro de deficiência da vitamina D”, alerta a especialista. 

Fonte: Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner