1.11.15

Novembro Azul 2015: Tratamento de câncer de próstata (exame de PET/CT)

Tecnologia do exame de PET/CT com fluoreto-18F permite melhor prognóstico do tratamento de câncer de próstata e é tema em nosso post sobre o Novembro Azul 2015.

Novembro Azul 2015


Considerado um dos principais progressos da medicina nuclear, o exame de PET/CT com fluoreto-18F permite avaliar o prognóstico de pacientes submetidos a tratamento de câncer de próstata com o medicamento radioativo Radium-223 (Ra-223).

A técnica consiste realização da Tomografia Computadorizada por Emissão de Prótons (PET/CT) com o traçador radioativo ósseo denominado fluoreto-18F. Dessa forma, é possível ter imagens mais detalhadas para a pesquisa de metástases ósseas, que são as principais causas de disseminação da doença que ocorre em pacientes com câncer de próstata.

Leia também: Movember Brasil: Deixar o bigode crescer alerta sobre câncer de próstata.

Novembro Azul 2015: Tratamento de câncer de próstata (exame de PET/CT)
Novembro Azul 2015: PREVINA-SE!

A diretora do serviço especializado da MND Campinas, Profa. Dra. Elba Etchebehere, explica que o PET/CT com fluoreto-18F traz a possibilidade de avaliar o prognóstico de forma mais precisa do que o disponível com outras técnicas, como cintilografia óssea. As imagens de fluoreto-18F PET/CT permitem avaliar, nos pacientes com câncer de próstata, submetidos a tratamento com Ra-223, o risco de eventos ósseos, o risco de insuficiência de medula óssea e a sobrevida global.

“Pela primeira vez, é possível ter um forte preditor independente de resposta para o tratamento desse tipo de câncer que afeta um em cada seis homens em todo o mundo através das imagens de PET/CT com fluoreto-18F”, conta.

Dificuldade de acesso ao exame PET/CT pelo SUS


Por mais que traga ganhos representativos para uma doença tão comum, o acesso ao PET/CT com fluoreto-18F ainda é difícil no Brasil. Como todas as especialidades médicas de alta complexidade, a medicina nuclear envolve custos elevados.

“O principal agravante é que um exame como esse, vital para uma melhor conduta terapêutica para o câncer de próstata com metástase óssea, ainda não está disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS), restringindo o acesso da população a esse avanço”, explica a Profa. Dra. Elba Etchebehere.


Leia também: SUS deverá oferecer remédios para câncer de próstata de graça.

Discutindo a especialidade Medicina Nuclear


A diretora da MND Campinas irá discutir as “Perspectivas para medicina nuclear no câncer de próstata”, durante o XXIX Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear. O encontro é o mais importante da especialidade no País e acontecerá entre os dias 23 e 25 de outubro, no Rio de Janeiro.




Além de discutir o avanço do PET/CT com fluoreto-18F, irá apresentar os resultados da terapia com Ra-223. Esse tratamento foi recentemente liberado pela ANVISA e tem apresentado um aumento significativo de sobrevida dos pacientes com câncer de próstata metastático.

Leia também: Café, exercícios e câncer de próstata - benefícios.

Marcadores para esta postagem: Novembro Azul 2015, novembro azul, saúde do homem, câncer de próstata, novembro azul cancer prostata, novembro azul ações.

Fonte: MND Campinas
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner