23.3.16

Chikungunya pode matar?

A febre chikungunya ou apenas "chikungunya", é mais uma doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. Será que ela também é perigosa como a zika e a dengue? Ou seja, a chikungunya pode matar? Acompanhe o raciocínio...

A chikungunya (causada pelo vírus CHIKV) é uma arbovirose (quando parte de seu ciclo de vida ocorrer nos insetos) e está sendo considerada a menos letal das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. No entanto, ela não é tão inofensiva assim...

Chikungunya pode matar?
Aedes Aegypti

Chikungunya chikungunya pode matar?


As mortes são raras. Dados da epidemia ocorrida em 2004, nas Ilhas Reunião, indicaram taxa de letalidade de 0,1% (256 mortes em um total de 266 mil casos). Entretanto, na Índia, em 2006, houve 1,3 milhão de casos e nenhuma morte registrada.

Segundo Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, pelo menos duas mortes já foram constatadas serem causadas pela doença. A primeira vítima foi uma idosa de 88 anos, que morreu no dia 21 de fevereiro. Os nomes das vítimas não foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde do Recife.

A segunda morte por chikungunya foi confirmada no Recife pela Secretaria Municipal de Saúde. O caso é de uma mulher de 54 anos, moradora de Água Fria, zona norte do Recife, que faleceu no dia 30 de janeiro.




Em relação às notificações da doença, em 2016 foram notificados, no Recife, 7.946 casos das três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti: dengue, chukingunya e Zika. A dengue é a campeã de registros, com 3.673 suspeitas. Em seguida vem a chikungunya, com 2.632 notificações, e o vírus Zika, com 1.641 casos. Desse total, foram confirmados 1.488 registros de dengue e 385 de chikungunya.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner