10.3.16

Mosquito da dengue: Anvisa lança cartilha de combate ao Aedes aegypt

Anvisa lança cartilha com recomendações técnicas para o combate ao Aedes aegypti

Mais um instrumento para o combate ao Aedes aegypti e, consequentemente, para a prevenção e o controle da Dengue, Chikungunya e Zika: trata-se de uma cartilha com “Recomendações técnicas”, elaborada pela Anvisa, que traz subsídios e recomendações para auxiliar as vigilâncias sanitárias de todo o país.

Mosquito da dengue: Anvisa lança cartilha de combate ao Aedes aegypt
Mosquito da dengue: Anvisa lança cartilha de combate ao Aedes aegypt

Com este material, o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária oferece mais informações para desenvolver, junto às demais áreas do setor saúde, suas ações no combate ao mosquito, tanto nas situações de rotina quanto em ocasiões especiais, onde a atuação conjunta com outros agentes de saúde seja necessária para a intervenção em estabelecimentos comerciais ou em domicílios.

O diretor-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, ressalta que a cartilha orienta, além dos integrantes do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, as equipes das secretarias estaduais e municipais de Saúde, possibilitando que elas sejam parte ativa da mobilização nacional contra o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.

“As vigilâncias sanitárias estaduais e municipais podem representar um aliado fundamental nas ações de controle de vetores, identificando pontos críticos e pontos vulneráveis, além de realizar diversas outras atividades que, com essa cartilha, ganham a necessária orientação técnica”.

O documento aborda duas questões principais: o papel da vigilância sanitária, no âmbito da vigilância em saúde, no que tange ao controle do principal vetor das doenças, o Aedes aegypti e a fiscalização e o monitoramento de produtos repelentes e inseticidas no mercado.




O diretor do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, Ivo Bucaresky, destaca a relevância de se elaborar instrumentos e materiais que possam dar apoio na luta contra o Aedes aegypti, um enorme problema de saúde pública.

“A Zika, a Chikungunya e a Dengue implicam em consequências importantes, algumas vezes mortais. Portanto, todo trabalho que o governo faz pra tentar controlar o Aedes aegypti é fundamental e a Anvisa também tem esse papel. A ideia desse documento é mostrar como a Anvisa e os demais componentes do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária podem atuar no combate ao mosquito”.

Gostou do artigo? Continue com a gente lendo este outro artigo: Repelentes contra o Aedes Aegypit: diferenças e segurança.
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner