27.10.16

Geração Y adia tratamento de saúde por causa do custo

Uma notícia daquelas que nos deixa muito triste, a geração Y não vai ao médico por causa do alto custo da consulta e dos tratamentos com medicamentos.

A Xerox entrevistou americanos sobre cuidados com a saúde e mostra semelhanças e diferenças entre as gerações quando se trata do consumo de serviços de cuidados com a saúde. O resultado mostra que a geração Y (também conhecida como Millennials), jovens com idades entre 18 e 34 anos são a geração mais consciente dos custos quando se trata de cuidados com a saúde.


A maioria dos entrevistados afirmou que o custo é a principal consideração ao selecionar um prestador de cuidados de saúde, e 50% contaram atrasar algum tratamento devido ao custo. Quando se trata da preocupação com o custo, 59% da geração X (idades 35-49) menciona esse como a principal consideração na escolha de um prestador de serviços de saúde, enquanto que apenas 42% dos Boomers (idades 50-68) e 39% dos integrantes da Greatest Generation (idade 69+) também ponderam o mesmo.

Com relação a atrasar o tratamento, 45% da geração X adota essa medida, e apenas 39% dos Boomers e 15% da Greatest Generation fazem o mesmo. O estudo, conduzido pela Y&R’s BAV Consulting para a Xerox, entrevistou 761 adultos norte-americanos que utilizam planos de saúde e são responsáveis pelas decisões de saúde de suas famílias.

"A mudança para o consumo em saúde é sobre nós", disse Connie Harvey, diretor de operações da Saúde Business Group da Xerox. "Estes dados mostram como os consumidores pesam o custo no processo de tomada de decisões de saúde. Uma visão crítica para orientar os contribuintes e prestadores de serviços de saúde ao olharem para a transição de valores baseados em modelos de cuidados."

Ajuda necessária —A pesquisa também analisou o que os consumidores precisam de seus provedores de cuidados de saúde para adotarem um estilo de vida mais saudável, uma prioridade para eles – revelou que os Millennials (geração Y) são os que mais precisam de ajuda (64%), seguido pela geração X (56%), aGreatest Generation (49%) e os Boomers (47%).

A pesquisa também constata: 

• Millennials (75%) e geração X (71%) estão mais interessados em ter acesso aos seus registros e históricos médicos em plataformas digitais, e isso permitirá que eles sejam mais conscientes sobre as decisões do estilo de vida que afetam sua saúde, contra 53% da Greatest Generation e 57% dosBoomers.

• A maioria dos entrevistados, em todas as gerações, querem que seus farmacêuticos, profissionais de saúde e companhias de seguros de saúde sejam mais conectados em relação à sua saúde, com 70% dos Millennials concordando, 69% da geração X, 54% dos Boomers e 59% da Greatest Generation. Mais informações sobre a pesquisa podem ser encontradas no relatório completo: "Uma transição enorme para os cuidados da Saúde."

Acredito que o artigo "Vitamina D é essencial para adolescentes" despertará seu interesse.

Fonte: Xerox Healthcare [https://goo.gl/BpSNU4]



Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner