5.11.17

Exames masculinos: check up completo para homens

Neste novembro azul saiba quais são os exames masculinos necessários para o check up completo para os homens.

O diagnóstico precoce de problemas de saúde pode prevenir a evolução de doenças graves, como câncer, diabetes e hipertensão. O agravamento dessas moléstias está entre as principais causas de morte entre os homens.

Segundo especialistas a detecção de doenças em exames de rotina pode salvar vidas. Saiba quais testes são indicados para cada faixa etária masculina:

Exames masculinos: check up completo para homens
Exames masculinos: check up completo para homens

EXAMES MASCULINOS: CHECK UP COMPLETO PARA HOMENS


>> Novembro Azul: Tratamento de câncer de próstata (exame de PET/CT)

  • exame de sangue completo (hemograma e dosagem dos níveis de colesterol total e frações, triglicerídios, glicemia e insulina);
  • aferição de pressão arterial;
  • verificação de peso e cálculo de IMC (índice de massa corporal);
  • função pulmonar (indicada aos fumantes);
  • pesquisa de antígeno de superfície do vírus da hepatite B (HBsAg);
  • teste de detecção de sífilis [doença que pensava-se estar erradicada];
  • pesquisa de anticorpos anti-HIV e dos vírus da hepatite C.

Mais exames para homens


Além dos exames citados, para homens acima de 40 anos, quando indicados por um médico (sobretudo para quem histórico familiar*), é importante fazer também o exame de toque retal e o teste para verificar a reação do antígeno prostático específico (PSA) no sangue. Alterações nos níveis dessa substância podem indicar o aparecimento de problemas na próstata.

Comentário Saúde com Ciência

* Sem histório de câncer na família, o homem pode fazer o exame aos 50 anos, salvo se ver indicação médica contrária.

>> Maconha aumenta risco de câncer de testículos

O Ministério da Saúde ainda recomenda que, além de realizar esses testes, é importante manter a carteira de vacinação atualizada.

Medidas de incentivo à prevenção de doenças em homens


Em 2009, o Ministério da Saúde lançou a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, para implementar ações de saúde para essa parcela da população. O foco principal é entre os adultos de 20 a 59 anos.

Um dos principais objetivos do programa é a captação precoce da população masculina nas atividades de prevenção primária relativa às doenças cardiovasculares e cânceres. Uma das ações previstas na política é a extensão do horário de atendimento das unidades básicas de saúde até as 21h, além de oferecer atendimento no horário de almoço.

>> Paternidade reduz nível de testosterona em homens

Também visando à prevenção desde cedo, o ministério anunciou que, a partir de janeiro do próximo ano, será disponibilizada a vacina contra o HPV para a população masculina de 12 a 13 anos na rotina do Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: MS e Inca
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner