20.12.16

Celina Turchi, a cientista brasileira está entre as 10 mais importantes do ano, pela Nature

A cientista brasileira Celina Turchi, especialista em doenças infecciosas, foi escolhida como uma das dez cientistas mais importantes de 2016 pela revista britânica "Nature".

Professora da Universidade Federal de Goiás e pesquisadora-visitante do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPQAM), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Pernambuco, Celina lidera o grupo que pela primeira vez associou cientificamente a infecção pelo vírus da zika em grávidas a casos de bebês com microcefalia.

Celina Turchi, a cientista brasileira 10 mais importantes do ano Nature
foto: Época / Reprodução Youtube

Para realizar o estudo, Cecilia entrou em contatos com cientistas de todo o mundo para pedir ajuda. Ela formou uma força-tarefa de epidemiologistas, especialistas em doenças infecciosas, pediatras, neurologistas e biólogos especializados em reprodução.

"Nem no meu pior pesadelo eu imaginei uma epidemia de microcefalia em bebês", lembrou a pesquisadora em entrevista à "Nature", dizendo acreditar que o Brasil estava vivendo uma emergência de saúde pública com o surto da doença.
Celina Turchi, Cientista brasileira está entre as 10 mais importantes do ano, pela Nature

Cecilia disse que o trabalho foi um desafio por não haver testes confiáveis sobre o vírus e nenhum consenso em relação à definição de microcefalia. Mas o intenso contato dentro da rede de especialistas formada por ela permitiu gerar evidências suficientes para ligar a infecção por zika e a doença no primeiro trimestre da gravidez.

A matéria completa pode ser conferida aqui.


Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner