25.4.17

Vacina da Gripe vai mudar para se atualizar!

Vacina da gripe atualizada para o país poderá chegar mais rápido ao mercado.

Atualização da vacina da gripe para utilização no país segue a recomendação da Organização Mundial de Saúde.

A composição das vacinas para gripe (influenza) utilizadas no Brasil serão atualizadas de forma automática a cada vez que a Organização Mundial de Saúde (OMS) publicar sua recomendação de cepas que devem existir na vacina. As cepas representam as mutações que o vírus da gripe sofre a cada ano.

A atualização é necessária para que a vacina utilizada pela população seja eficiente contra os tipos de vírus que estão circulando a cada ano. A doença ocorre principalmente no inverno, por isso a OMS publica duas recomendações de cepas a cada ano, uma para o hemisfério norte e outro para o hemisfério sul, onde está o Brasil.

Até então, a Anvisa precisava aprovar uma norma todos os anos com a composição da OMS. Com a mudança na legislação os fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão quais são as cepas para o próximo ano. A OMS publica a recomendação de vacina para o hemisfério sul por volta de setembro para que as vacinas esteja adequadas antes do inverno, que vai de junho a setembro.

Vacina da gripe disponível


Existem dois tipos de vacina para gripe no mundo. Uma é a trivalente, que inclui três cepas, e a outra é a quadrivalente, que inclui quatro cepas do vírus da gripe.



Com a mudança, a chegada das vacinas atualizadas ao mercado deverá ser mais rápida. Isso porque os fabricantes precisam apenas fazer a alteração nas suas vacinas e pedir a avaliação da Anvisa para iniciar a comercialização.

A comercialização ou fabricação de qualquer vacina para a gripe com qualquer outra cepa diferente da recomendação é proibida e o produto tem que ser retirado do mercado.

A norma que define a nova rotina para atualização da vacina da gripe é a resolução RDC 151/2017. Acesse a norma.

Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner