5.5.17

Dia Mundial de Higienização das Mãos: o tema será "resistência a antibióticos"

Resistência aos antibióticos é tema de campanha para o Dia Mundial de Higienização das Mãos

Hoje, 5 de maio é o Dia Mundial de Higienização das Mãos, e você sabia que a má higienização das mãos de técnicos e auxiliares de enfermagem, enfermeiros e médicos cirurgiões está entre as causas principais de infecções generalizadas em hospitais?

Certa vez, uma amiga farmacêutica que trabalhada no hospital da Escola Paulista de Medicina (hoje, UNIFESP) me contou que estava fazendo um trabalho sobre o tema e que, durante uma cirurgia, coletou, com ajuda de um swab -- cotonete para uso medicinal -- , secreção do nariz de um dos cirurgiões que estava fazendo a cirurgia.

Parece que ele não gostou muito, mas deixou que ela fizesse a coleta. Sabe qual a bactéria que estava em seu nariz? A mesma que só é encontrada na flora bacteriana intestinal, a Escherichia coli (ou E. coli). Ou seja, ele foi ao banheiro, não lavou direito as mãos, coçou o nariz e foi fazer a cirurgia.

Dia Mundial de Higienização das Mãos: tema resistência a antibióticos
Dia Mundial de Higienização das Mãos: o tema será "resistência a antibióticos"

Nunca mais esqueci desse episódio e não poderia deixar de comentá-lo aqui. QUERO RESSALTAR que isso já faz muitos anos e não posso afirmar de forma alguma que todos os profissionais daquele hospital agem assim e que em 20 anos nada mudou por lá. Aliás, talvez o trabalho dela tenha ajudado a mudar a situação. Tomara!

Higienização das mãos deveria ser pré-requisito no vestibular


Eu acho que a higienização das mãos deveria ser ensinada no primeiro dia de aula de todos os cursos de saúde (técnicos e de graduação) [veja a forma correta de fazer a limpeza completa das mãos para todas as pessoas / para profissionais de saúde].

Uma das provas de vestibular para odontologia é a prova prática onde os futuros estudantes precisam fazer um molde de dentes. Acho que poderia haver uma prova pra verificar se os futuros estudantes de áreas de saúde, que lidam diretamente com pacientes e entram em contato com suas feridas, e qualquer cavidade interna ou mesmo com as veias por meio de seringas, sabem pelo menos o básico de higienização das mãos e de contaminação bacteriana.

Minha revolta


Sabe, agora é a pessoa Renata que vai escrever e não a farmacêutica Renata. Eu, particularmente, me revolto quando alguém fala que fulano foi internado pra fazer uma cirurgia, sobreviveu a ela, mas morreu por infecção generalizada. Gente! Isso sempre pode ser prevenido! É claro que algumas pessoas têm mais dificuldade em se livrar de uma infecção. Isso depende da idade, da imunidade que a pessoa apresenta, se ela está desidratada, etc.

Mas a limpeza do hospital, o controle de agente infecciosos, a higienização das mãos e uso de máscaras e luvas limpas durante procedimentos de enfermagem ou médicos deve ser não apenas fiscalizada pela Anvisa, como vigiada pelos parentes do pacientes ou dele próprio, se estiver em condições de fazer isso.

É por isso que todos nós, seres humanos devemos saber que existem, sim, seres microscópicos ao nosso redor o tempo todo, esperando uma brecha para entrar em contato com nossa corrente sanguínea, machucados abertos, feridas em mucosas e nos infectar.

Aconteceu comigo após uma cirurgia


Certa vez, eu passei por uma cirurgia (em um famoso hospital de Guarulhos) e, na noite após o procedimento, tive a infelicidade de ter como cuidadoras, duas auxiliares de enfermagem completamente despreparadas.

Sorte minha... com a primeira, foi estar acordada quando, no meio da madrugada, ela entrou no quarto para colocar minha medicação no soro. Ao ouvir minha voz, ela falou: -- Nossa! entrei no quarto errado, era pra aplicar o medicamento no paciente do quarto ao lado!" Se eu não tivesse falado nada (ou se estivesse dormindo), no escuro ela não saberia se era homem ou mulher. Eu teria recebido a medicação de outra pessoa.

Com a segunda auxiliar de enfermagem, foi assim: Ela estava com unhas compridas e pintadas de vermelho (dificulta a higienização embaixo da unhas por conta da unha muito comprida e a verificação de sujidades por causa do esmalte escuro). Pra piorar, ela estava com várias pulseiras. Eu me pergunto: Será que ela não sabe que as pulseiras podem estar "imundas" mesmo sem que nossos olhos enxerguem? E se podia ficar pior, ficou... Uma das pulseiras era cheia de bolas cor-de-rosa de tamanho médio. Na manhã seguinte, minha mãe acendeu a luz do banheiro e viu todas as bolinhas espalhadas pelo chão. Ou seja, a pulseira arrebentou e as bolas caíram no chão. Já pensou se minha mãe escorrega? Ou se, em vez dela, eu entrasse lá meio grogue e caísse? Um absurdo.

Educação quanto à higiene básica e sobre a existência de sere invisíveis, mas perigosos


Relatei tudo ao médico e preenchi o formulário de reclamação do hospital. Nós não podemos nos calar. Esse país precisa ser educado quanto à higiene de forma mais efetiva. É necessário que a pessoas sem acesso à educação saibam que as bactérias e os vírus são tão absurdamente pequenos que só são enxergados através de microscópios (foto abaixo).

Dia Mundial de Higienização das Mãos: resistência a antibióticos
microscópio 

Isso porque se os profissionais de saúde que possuem esse conhecimento não se conscientizam, pelo menos as pessoas doentes e seu familiares poderão cobrar hábitos de higiene dos profissionais de saúde e entender o porquê disso.

Abaixo, uma foto feita através do microscópio. Olha um exemplo de bactéria que pode te matar!

Dia Mundial de Higienização das Mãos: resistência a antibióticos
foto de bactérias feita por microscópio -- viu como ela existem mesmo?! :-O

Mas voltando ao artigo, O Dia Mundial de Higienização das Mãos deste ano, tem como tema a resistência aos antibióticos.

Com o lema A luta contra a resistência microbiana está em suas mãos, a campanha da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OMS) visa conscientizar sobre a importância da higienização das mãos nos cuidados de saúde.

A higienização das mãos é o tema central dos programas de prevenção e controle de infecções, que combate de forma eficaz a propagação de germes resistentes aos antimicrobianos. A OPAS/OMS recomenda que ações sejam tomadas para que:

  • Os profissionais de saúde higienizem suas mãos nos momentos certos;
  • Os diretores executivos e gerentes de hospitais apoiem ​​a campanha e os programas de prevenção e controle de infecções, protegendo assim os pacientes de infecções resistentes a antibióticos;
  • Os líderes dos programas de prevenção e controle de infecções conduzam campanhas de higienização das mãos e comecem sua jornada de encontro dos componentes centrais para prevenção e controle de infecções;
  • Os formuladores de políticas públicas evitem a propagação da resistência aos antibióticos, ao tornarem prioridades nacionais a prevenção de infecções e a higienização das mãos.

Segurança do paciente


A higiene realizada no momento certo e da maneira correta pode salvar vidas. De acordo com as Diretrizes da OMS sobre Higienização das Mãos em Serviços de Saúde, antes de tocar o paciente e de realizar qualquer procedimento asséptico, é importante que o profissional lave adequadamente as mãos para evitar a transmissão de micro-organismos que podem causar infecções.

A higienização também é fundamental após o contato com ele, inclusive em caso de exposição a fluidos corporais e depois de remover as luvas. O profissional deve lavar as mãos mesmo que tenha tocado apenas as superfícies, mobília e objetos próximos ao paciente, assim como ao sair do ambiente de assistência.

E então, gostou do artigo sobre o Dia Mundial de Higienização das Mãos? Complemente sua leitura com o artigo: "Falta de higiene em hospitais propicia infecções".

Renata Fraia - 5/5/2017
Fonte: OMS
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner