19.6.17

Farmácia de Manipulação - medicamento magistral: o que observar antes e depois do seu remédio pronto?

Muita gente ainda torce o nariz quando o médico o entrega uma receita e diz: "Faça em uma farmácia de manipulação". O receio é que o medicamento não seja fabricado com a mesma qualidade de um medicamento industrializado.

Eu, Renata Fraia, como farmacêutica, já vi muita coisa errada nas farmácias de manipulação nas quais estagiei ou trabalhei. Falta de higiene por parte dos manipuladores e do próprio estabelecimento e deixar de colocar algum dos princípios ativos (o "ingrediente" da fórmula) eram coisas comuns -- pode ficar chocado arregalando os olhos!!

O que eu fazia? Se eu não pudesse mudar esse comportamento, eu simplesmente "pulava fora do barco", porque sou honesta, sou profissional de saúde (não da malandragem pra ganhar mais dinheiro) e se algo errado fosse notado, eu, como farmacêutica responsável pela farmácia responderia pelos atos de todos.

Mas essa época, em que o boom das farmácias de manipulação atraiu todo tipo de empresário ficou no passado. Felizmente, o tempo passou e os escrúpulos falaram mais alto. Agora, as legislações são rigorosas e a educação e consequentemente a mentalidade dos proprietários e funcionários do ramo mudou.
Farmácia de Manipulação: remédio pronto
manipulação de medicamentos / foto: stevepb

Mas mesmo que exista legislação e exigências rigorosas pelos órgãos reguladores brasileiros -- como a rdc 67 2007 -- que pode ser conferida em http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/RDC_67_2007.pdf/b2405915-a2b5-40fe-bf03-b106acbdcf32 em relação à farmácia de manipulação, é necessário tomar alguns cuidados para ter a certeza da procedência e qualidade dos ativos manipulados.

Segundo Mika Yamaguchi, Farmacêutica e Consultora Técnica da Biotec Dermocosméticos, dentro de uma farmácia de manipulação, há áreas separadas para fazer produtos de uso interno (nutricosméticos e medicamentos), outra área exclusiva para dermocosméticos e assim por diante. A seguir listamos cinco dicas extremamente úteis para não se preocupar em relação à qualidade e origem dos ativos.



Alvará de funcionamento à vista


A primeira dica é básica e diz respeito ao alvará de funcionamento da Vigilância Sanitária que deve estar em local visível. Ele certifica a boa higienização do local e dos funcionários.

Desconfie de preços muito baixos


"Como as receitas prescritas têm rastreabilidade -- pois nelas constam todos os itens, como origem e validade das matérias-primas --, após realizar alguns orçamentos desconfie de preços muito baixos, pois a matéria-prima pode ser de qualidade inferior e de origem duvidosa", explica Mika.

A presença do farmacêutico


Para garantir a idoneidade da farmácia, o consumidor deve ficar atento a alguns detalhes na estrutura física do estabelecimento, como a presença de um farmacêutico em tempo integral na loja.

Enquanto houver atendimento ao público, o farmacêutico precisa estar presente e habilitado para sanar qualquer dúvida do cliente sobre a quantidade, qualidade e eficácia dos ativos que serão manipulados. E, se necessário*, após consultar o médico, o farmacêutico pode realizar a troca de um dos componentes por um outro similar, sem alterar a finalidade da fórmula prescrita.

Se a substituição for feita (ativo ou dose) o farmacêutico deverá carimbar, especificar a troca, datar e assinar a receita.

* Nem sempre o médico conhece a dose ideal (ou máxima) de um princípio ativo que prescreveu, nem tampouco se esse elemento pode ter alguma incompatibilidade com outro ativo da receita. É nesses casos que o farmacêutico deve agir como mencionado anteriormente. Mas não devemos julgar os médicos por isso, afinal, ele é o profissional das doenças e o farmacêutico dos medicamentos.

Artigos relacionados:
-Faz Bem Contar com um Farmacêutico: nova campanha do CFF e CRF para o Dia do Farmacêutico
-Farmacopeia Brasileira terá 326 novas monografias
-Farmacêutico: da fabricação à dispensação do medicamento, sempre presente
-Farmácia com Farmacêutico em todo horário de funcionamento

Aconteceu comigo (Renata)


Certa vez (eu estava trabalhando em uma das filiais de uma seríssima farmácia de manipulação em São Paulo) e, enquanto avaliava a receita prescrita pelo médico e recebida pelas recepcionistas da farmácia, notei que um ativo da receita estava em uma dose altíssima (que poderia causar a morte do paciente). Fiquei chocada e liguei para o médico prescritor que -- dando uma risadinha -- me perguntou qual a dose máxima. Eu respondi e ele falou "Então pode trocar".

Felizmente, casos assim são menos incomuns pois os médicos estão mais familiarizados com os ativos que prescrevem frequentemente e existe toda uma educação continuada para mantê-lo informados.

Transparência no local de trabalho


A transparência também é um diferencial importantíssimo. "Prefira as farmácias nas quais seja possível observar, como em alguns restaurantes, por meio de uma parede de vidro, o manipulador trabalhando. Aproveite para reparar se ele está com touca, luvas, máscara e avental e as condições de higiene do equipamento onde são manipuladas as fórmulas. São detalhes que podem evitar contaminação do produto", alerta a farmacêutica.

Rótulo dos medicamentos


Verifique, também, se no rótulo do medicamento que você receber tem as seguintes informações: nome do prescritor, nome do farmacêutico responsável pelo estabelecimento, número de registro da receita na farmácia, data de manipulação e validade, dosagem, modo de usar e a identificação da farmácia.

Se após ler todas essas informações ainda restarem dúvidas, não deixe de deixar sua pergunta nos comentários abaixo.

Fonte: Renata Fraia (farmacêutica do Saúde com Ciência) e Biotec Dermocosméticos
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner