1.10.17

#Dia do idoso: Vegetarianismo na terceira idade

Vegetarianismo na terceira idade é possível?

A chegada da terceira idade é um período que vem acompanhado de diversas mudanças no organismo. Por conta disso, muitos questionam se as pessoas da melhor idade podem aderir ou até seguir com uma dieta isenta de carne.

Conversamos com a nutricionista Cyntia Maureen, consultora e nutricionista da Superbom, não há motivos para tal preocupação.

Vegetarianismo na terceira idade


Vegetarianismo na terceira idade

“A dieta vegetariana correta [ela disse CORRETA, viu?] fornece todos os nutrientes necessários à saúde de qualquer indivíduo, independente de idade ou de estado físico”, afirma.

Segundo a especialista, a ingestão calórica dos vegetarianos costuma ser menor, mas a maioria das vitaminas e minerais é ingerida em quantidade igual ou maior do que pelos onívoros. “Escolher corretamente os alimentos vegetais é o que faz diferença”, complementa.

Ela destaca que uma dieta vegetal equilibrada e rica em cereais integrais, leguminosas, frutas frescas e sementes supre com propriedade as deficiências nutricionais enfrentadas por quem está nesta fase da vida.

“Porém, a simples troca da carne animal não garante uma boa alimentação. Ao fazer a substituição, é preciso priorizar alimentos minimamente processados e abundantes em nutrientes”. Ela recomenda uma atenção especial para fontes vegetais de cálcio, ferro e proteínas, como lentilha, feijão (todos os tipos), vegetais verdes escuros, grão de bico, ervilha, castanhas, gergelim, entre outras.

“Além disso, consultar um nutricionista para sanar dúvidas, realizar exames regularmente e receber orientações de como podem ser feitas as substituições alimentares é fundamental”, ressalta a profissional.

Vegetarianismo estrito


Já para um idoso que seja (ou deseje se tornar) vegetariano estrito, em que não há o consumo de nenhum alimento que tenha qualquer tipo de procedência animal, como, por exemplo, ovos e laticínios, a orientação da especialista é a mesma, mas com o adicional da necessidade de suplementação de vitamina B12.

“Pelo fato de não existirem fontes veganas [existem sim, tá pessoal! mas é muito pouco - veja aqui] naturais de vitamina B12, é preciso procurar uma orientação médica para que seja ministrada uma correta suplementação. Esse acompanhamento é fundamental para evitar eventuais deficiências nutricionais”.

Complemente sua leitura com: TIPOS DE VEGETARIANOS

Imprimir esta receita ;-)
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner