2.10.17

Nobel de Medicina: Pesquisas sobre o "ritmo circadiano" levam o prêmio

Trio americano leva Nobel de Medicina por pesquisas sobre 'relógio biológico' humano.


O prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia de 2017 - anunciado na manhã desta segunda-feira (2) na Suécia - teve três vencedores, os cientistas norte-americanos Jeffrey C. Hall, Michael Rosbash e Michael W. Young.

Nobel de Medicina: ritmo circadiano


O trio foi premiado por suas descobertas no ritmo circadiano, mais conhecido como "relógio biológico interno" que ajuda a regular o metabolismo do organismo nas várias fases do dia.

Os cientistas conseguiram isolar o gene que controla o nosso ritmo biológico interno. Depois, eles mostraram que esse gene dá informações para que o corpo fabrique uma proteína que se acumula nas células durante a noite e vai se degradando durante o dia.




A descoberta responde a uma questâo que há muito tempo intriga os cientistas: o mecanismo biológico que faz com quê o corpo responda às diversas fases do dia geradas pela rotações da Terra.


Fonte: Nobel Prize
Imprimir esta receita ;-)
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner