30.10.17

Quem deve se vacinar contra Febre Amarela?

OPAS/OMS atualiza alerta epidemiológico sobre febre amarela nas Américas, confira se você precisa se vacinar...

A medida fundamental para prevenir a febre amarela é a vacinação. Mas, por enquanto, nem todos precisam se vacinar já que moram em áreas urbanas ou não viajarão para áreas de risco. Por quê?

Porque o tipo de febre amarela em curso é a forma silvestre, ou seja, está ocorrendo apenas pela picada pelo mosquito Haemagogus -- que vive em florestas e parques como o horto florestal.

Ainda não foi notificado nenhum caso da forma urbana da doença, causada pela picada do mosquito Aedes aegypti.

Quem deve se vacinar contra Febre Amarela

Vacinação contra febre amarela


Quem vive ou se desloca para as áreas de risco deve estar com as vacinas em dia e se proteger de picadas de mosquitos.

Apenas uma dose da vacina é suficiente para garantir imunidade e proteção ao longo da vida. Efeitos secundários graves são extremamente raros.



Pessoas com mais de 60 anos só devem receber a vacina contra febre amarela após avaliação cuidadosa de risco-benefício.

Mas quem não deve se vacinar?

A vacina contra a febre amarela não deve ser administrada em:


• Pessoas com doença febril aguda, cujo estado de saúde geral está comprometido
• Pessoas com histórico de hipersensibilidade a ovos de galinha e/ou seus derivados
• Mulheres grávidas, exceto aquelas com avaliação de alto risco de infecção e situações em que há recomendação expressa de autoridades de saúde
• Pessoas severamente imunodeprimidas por doenças (por exemplo, câncer, AIDS etc.) ou medicamentos
• Crianças com menos de 6 meses de idade (consulte a bula do laboratório da vacina)
• Pessoas de qualquer idade com uma doença relacionada ao timo



A OPAS/OMS recomenda às autoridades nacionais:


• Realizar uma avaliação da cobertura vacinal contra a febre amarela em áreas de risco;
• Assegurar a vacinação de todos os viajantes para áreas endêmicas pelo menos 10 dias antes do deslocamento;
• Possuir um estoque que lhes permita responder aos surtos;
entre outras medidas.

Informações da OPAS/OMS
Imprimir esta receita ;-)
Ads
Conteúdo do Saúde com Ciência é informativo/educativo. Não exclui consulta médica Este artigo pertence ao Saúde com Ciência. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe comentário/sugestão de artigo. Ler Regras para Comentários.

Assine nossa newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner