Gripe suína (H1N1): quem vacinar primeiro

A primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe suína (H1N1) vai até o dia 19 deste mês (março). O Ministério da Saúde espera imunizar 90 milhões de pessoas.

Na primeira semana apenas trabalhadores da área da saúde e indígenas serão imunizados. A partir de 22 de março até 2 de abril e serão imunizados gestantes, crianças entre seis meses e dois anos de idade e doentes crônicos como obesos de grau 3, diabéticos, imunodeprimidos, doentes renais, asmáticos graves, cardiopatas, doentes hepáticos, quem sofre de doenças respiratórias crônicas, entre outros.

Quanto às mulheres grávidas, se engravidarem depois do dia 2 de abril e deverão receber a vacina até em 21 de maio.

A terceira etapa ocorrerá entre os dias 5 e 23 de abril, onde será vacinada a população entre 20 e 29 anos. E entre 24 de abril a 7 de maio, idosos com 60 anos ou mais portadores de doenças crônicas, serão imunizados. Idosos não portadores de doenças crônicas deverão tomar a vacina contra a gripe comum.

Já entre 10 a 21 de maio, poderão tomar a vacina adultos entre 30 a 39 anos.

Os horários e locais de vacinação:
As Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde definirão os horários e locais a cada etapa de vacinação.

O Ministério da Saúde disponibilizará 113 milhões doses da vacina e deverão ser imunizados ao menos 80% dos grupos citados.

E mais...
Leia tudo o que já foi escrito sobre gripe suína:

O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.

Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Açúcar Demerara - Benefícios

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Como acabar com piolho de cobra

Casca de Jabuticaba para que serve?

Sal refinado, Sal marinho e mineral, comparação