Da Anvisa: Suplementos alimentares proibidos

PHZ Indústria tem 20 suplementos alimentares proibidos

Um total de 20 produtos fitoterápicos e suplementos vitamínicos da empresa PHZ Indústria e Comércio de Produtos Naturais Ltda tiveram fabricação proibida.

Suplementos alimentares proibidos
foto: Getty Images © Todos os direitos reservados

Os produtos não possuíam registro na Anvisa e, portanto, não podem ser comercializados no mercado. A empresa será responsável pelo recolhimento do estoque de todos os produtos listados na resolução RE 3.243/16.

➤ Leia também: Alimentos para esportistas, que ajudam no pré e pós-treino

Além desta proibição, a Agência suspendeu a publicidade e propaganda irregular de 3 empresas de produtos e suplementos alimentares. As propagandas não autorizadas atribuíam propriedades de saúde e terapêuticas não comprovadas aos produtos comercializados. A suspensão do marketing irregular vale para publicidades veiculadas online e em quaisquer outros tipos de veículo.

Três empresas com publicidade suspeita


  • Clube Saúde & Bem Estar Ltda
  • Gradar Produtos Farmacêuticos Ltda
  • Qualydadevida Comércio Varejista de Produtos para o Bem Estar Ltda

Todas as medidas sanitárias foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (02/12).

OBS.: As empresas citadas terão prazos pra se regularizar, ou seja, a informação deste texto é verdadeira para DEZEMBRO/2016

Comentários